Notícias

Voltar
 A Declaração SAIREC compromete-se a trabalhar no acesso global à energia
12 de Outubro
A Declaração SAIREC compromete-se a trabalhar no acesso global à energia

No encerramento da Conferência Internacional de Energia Renovável (SAIREC 2015), que decorreu entre os dias 04 e 07 de Outubro na Cidade do Cabo, África do Sul, 3.600 delegados de 82 países adoptaram a Declaração SAIREC.
Tendo em consideração os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a declaração salienta que o aumento da implementação das energias renováveis irá melhorar o acesso universal à energia e da segurança energética, contribuindo para a mitigação das emissões e para o desenvolvimento económico sustentável.

 

A Declaração refere que 2,9 bilhões de pessoas não têm acesso a formas limpas para cozinhar; para tornar o acesso universal uma realidade em 2030, 1,3 bilhão de pessoas, 621 milhões das quais vivem na África subsaariana, deve ser garantido o acesso à eletricidade; todas as abordagens, incluindo soluções em rede e sistemas isolados devem ser tidos em consideração e adoptados e as exigências rurais e urbanas poderão ser mais facilmente alcançadas com uma tecnologia mix diversificada que aproveita os recursos solar, eólica, geotérmica, biomassa e hidroeléctrica da África subsaariana.

 

A declaração destaca outros aspectos, nomeadamente, os processos de aquisição transparentes e eficazes; a prioridade dada às energias renováveis ​​a nível global; a transferência e desenvolvimento de competências; garantia de recursos financeiros; a prioridade dos quadros regulamentares, cadeias de produção locais e investimento local; o planeamento integrado; o comércio regional e desenvolvimento de recursos de energia; os programas para o desenvolvimento de infraestruturas em África e corredores energéticos limpos e iniciativas direccionadas para a Iniciativa de Energia Renovável Africana.

 

SAIREC foi a primeira conferência internacional de energias renováveis ​​na sequência da adopção da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e do ODS  que pela primeira vez incluem um objectivo específico sobre energia sustentável.

 

Os relatórios da IRENA “Africa 2030: Roadmap for a Renewable Energy Future” e da REN21/UNIDO “SADC Renewable Energy and Energy Efficiency Status Report” foram ambos publicados durante a SAIREC.