Notícias

Voltar
CEDEAO prestes a definir modalidades para implementar projectos de energias renováveis nos Estados-Membros
20 de Julho
CEDEAO prestes a definir modalidades para implementar projectos de energias renováveis nos Estados-Membros

A CEDEAO está prestes a desenvolver um mecanismo que assegure que a implementação de políticas, projectos, e planos na área das energias renováveis nos Estados-Membros cumpram a meta para a energia sustentável para todos até 2030.


Neste sentido, o Centro para Energias Renováveis e Eficiência Energética da CEDEAO (ECREEE) está a desenvolver um prospecto de investimento que permitirá ao organismo mobilizar recursos conjuntamento com os países membros para implementar projectos de energias renováveis ​​chave que conduzirão à realização desse objectivo definido.


O Sr. Mahama Kappiah, Director Executivo do ECREEE, divulgou esta informação durante um seminário de formação em energias renováveis ​​para jornalistas especializados de oito países da CEDEAO que decorreu em Dakar, no Senegal.


Ele disse: "estamos a desenvolver o que chamamos de prospecto de investimento, avaliando estes projectos, olhando para os custos e dando-lhes visibilidade para mobilizar recursos para compreender qual a melhor forma de conseguirmos obter importantes projectos energéticos em cada país e na região, para cumprir as metas que estabelecemos".


O Sr. Kappiah referiu que o processo será lançado no final de Julho e que existem consultores a trabalhar nos oito Estados-Membros para o mesmo estar pronto em seis meses.


Ele acrescentou que o prospecto de investimento será apoiado pela União Europeia e a implementação terá início em “países-chave de interesse para agenda energética da UE”.


Foi também pedido aos países membros para promoverem o papel benéfico das fontes de energia renováveis ​​de forma a facilitar o desenvolvimento sócio-económico da sub-região.