Notícias

Voltar
Comunidade da Energia reúne-se na 7ª Assembleia da IRENA
16 de Janeiro de 2017
Comunidade da Energia reúne-se na 7ª Assembleia da IRENA

A sétima sessão da Assembleia da IRENA, que decorreu de 14 a 15 de Janeiro de 2017, reuniu três chefes de Estado, 75 ministros, funcionários do governo de mais de 150 países e representantes do sector privado, da sociedade civil e de outras organizações internacionais. Sendo a IRENA a autoridade à qual compete a última palavra na tomada de decisões, a Assembleia reuniu a comunidade internacional para reafirmar a agenda global de energia renovável e tomar medidas concretas para acelerar a transição energética mundial.


A Assembleia teve lugar no Hotel St. Regis Saadiyat em Abu Dhabi, com o dia 13 Janeiro dedicado a reuniões e discussões preliminares, e centrou-se no papel crítico das energias renováveis ​​no combate às alterações climáticas, na expansão do acesso à energia e no cumprimento dos objectivos globais de desenvolvimento sustentável.


A Ministra Moçambicana dos Recursos Minerais e Energia, Letícia Klemens, participou na sétima sessão da Assembleia Geral da IRENA com o objectivo de atrair mais investimentos em energias renováveis ​​para o país.


A participação da Ministra no evento, organizado sob o lema "Transformação Global do Sistema Energético", também foi uma oportunidade para Moçambique exibir o seu enorme potencial em termos de energia renovável.


O objectivo do governo de Moçambique é o de garantir políticas que contribuam para o desenvolvimento sustentável do sector energético nacional, afirmou Klemens.


"No âmbito da Política de Desenvolvimento de Energia Renovável queremos aumentar o número de projectos de energia renovável no país, e para isso é crucial termos investimentos nacionais e estrangeiros. Estão todos convidados a avançar com propostas para o nosso país", disse a Ministra.

Os principais desafios identificados foram a necessidade de ajustar o quadro político, estratégico e regulamentar para atrair mais investidores, aprofundar a integração das energias renováveis ​​no sistema eléctrico nacional e, finalmente, o desenvolvimento de modelos de sistemas isolados baseados em sistemas de energias renováveis.


A Agência Internacional para as Energias Renováveis, o Banco Africano para o Desenvolvimento e os parceiros de desenvolvimento demonstraram a sua disponibilidade para prestar apoio técnico e financeiro a estas acções identificadas por Moçambique, que é membro pleno da IRENA desde 2010.


A Assembleia deste ano nomeou o Uruguai como Presidente da oitava sessão do próximo ano e o Afeganistão, a Nigéria, a Noruega e o Sudão como Vice-Presidentes.

Para mais informações sobre a 7ª Assembleia da IRENA, por favor, aceda aqui.