Notícias

Voltar
contents/comunicationnews/apren.png
contents/comunicationnews/apren1.png
contents/comunicationnews/apren2.png
contents/comunicationnews/apren3.png
31 de Outubro de 2018
Conferência APREN

No passado dia 9 de Outubro de 2018, teve lugar na Fundação Oriente em Lisboa a Conferência Anual da APREN, Associada da ALER, sob o tema Mercado e Renováveis esta edição marca os 30 anos da Associação Portuguesa de Energias Renováveis.

 

Como em edições anteriores, contou com intervenções de alguns dos principais especialistas da área das energias renováveis (a nível nacional e internacional) e, pela primeira vez, o painel da tarde foi dedicado ao debate entre representantes dos principais partidos com assento parlamentar, sobre o tema “Renováveis em 2030-2050“. O evento contou ainda com a participação do Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e do Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.

 

O objectivo definido por António Sá da Costa, presidente da APREN, é ambicioso: chegar aos 100% de electricidade renovável em Portugal nos próximos 30 anos. Para isso refere que a produção renovável tem de aumentar, em média, 1,4TWh por ano, ou seja 2,3 vezes mais rápido do que o ritmo registado até hoje. “É possível chegar lá mas temos de alterar radicalmente o sistema em vigor. É possível se os governos quiserem, porque os investidores já mostraram disponibilidade”, argumentou. A receita para a mudança inclui mais estabilidade, mais planeamento do sistema eléctrico nacional e um modelo diferente de remuneração das renováveis, pois segundo Sá da Costa: “Ninguém investe se não for remunerado“.

 

Paralelamente, teve ainda lugar a cerimónia de atribuição do Prémio APREN 2018 - uma iniciativa que visa divulgar dissertações académicas relacionadas com electricidade de origem renovável.

 

Fonte e Imagem © Dinheiro Vivo