Notícias

Voltar
Energias Renováveis como pilar do Programa Estratégico de Cooperação entre Portugal e Cabo Verde 2016/2018
25 de Janeiro de 2016
Energias Renováveis como pilar do Programa Estratégico de Cooperação entre Portugal e Cabo Verde 2016/2018

Na visita oficial do Primeiro-ministro António Costa a Cabo Verde, no passado dia 19 de Janeiro, foi assinado um memorando de entendimento para o novo Programa Estratégico de Cooperação (PEC) entre Cabo Verde e Portugal (2016-2018) que coloca ênfase sobretudo na cooperação económico-empresarial e na busca de linhas de crédito e que terá como áreas chave as energias renováveis, a economia marítima e as tecnologias de inovação.
 

José Maria Neves sublinhou que “Queremos contar com Portugal neste processo pensando não só em Cabo Verde, mas em toda a região da África Ocidental. Estamos a falar da formação de alto nível neste domínio das energias renováveis, a instalação de equipamentos à produção à manutenção à comercialização e ao desenvolvimento de estratégias de penetração de energias renováveis em toda a região da costa ocidental Oeste Africana CEDEAO”.
 

A cooperação pretende ir além da troca de conhecimento ou competências, os dois governos querem apostar numa forte cooperação ao nível económico empresarial entre os dois países, nomeadamente as empresas portuguesas desenvolverem parcerias com empresas cabo-verdianas, sobretudo ao nível das micro, pequenas e médias empresas.
 

António Costa reconhece que o posicionamento estratégico de Cabo poderá possibilitar às empresas e empresários portugueses uma maior penetração no mercado da CEDEAO.