Notícias

Voltar
Evento do SE4ALL destaca as necessidades de monitorização do 7º ODS
8 de Março
Evento do SE4ALL destaca as necessidades de monitorização do 7º ODS

À margem da 47ª Sessão da Comissão de Estatística das Nações Unidas (CSNU 47), directores estatísticos, Estados-Membros da ONU e outras partes interessadas discutiram o 7º Objectivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS): garantir o acesso a energia acessível, fiável, sustentável e moderna para todos. Entre outros temas, painelistas e participantes discutiram a Sustainable ENergy for All (SE4All) Global Tracking Framework, que mostra a evolução dos objectivos de energia sustentável entre 2010 e 2012.
 

O evento paralelo “Monitorizar os indicadores para o 7º ODS sobre energia”, organizado pelo Secretariado da SE4All, realizou-se a 8 de Março de 2016, em Nova Iorque, EUA. A Global Tracking Famework monitoriza o progresso para garantir o acesso universal a serviços de energia modernos, duplicar a taxa global de eficiência energética e duplicar a penetração das energias renováveis na matriz energética global.
 

Vivien Foster, do Grupo Banco Mundial, observou que o mundo ainda não está a mover-se rápido o suficiente para atingir as metas da SE4All até 2030. Em termos de clean cooking, o mundo está até certo ponto a afastar-se das ambições, à medida que o número de pessoas sem acesso a métodos limpos de confecção de alimentos está a aumentar.  Vivien afirmou que os dados sobre energia limpa serão desagregados de duas formas, pela tecnologia e por serem ligados ou fora da rede (grid/off grid).  Também observou que os dados disponíveis sobre o transporte permitem o cálculo do consumo de energia, mas não a eficiência no transporte.  

 

Yera Ortiz de Urbina, da Agência Internacional de Energias Renováveis ​​(IRENA), disse que a IRENA está pronta para ajudar os países na recolha e compilação dos dados. A IRENA mantém perfis nacionais dos países com quem trabalha, e também colabora com organizações regionais. Reupena Muagututia, da Inter-Agência e Grupo de Peritos das Nações Unidas sobre os ndicadores dos ODS (IAEG-ODS), destacou que a divulgação de informação sobre os ODS será voluntária, conduzida pelos países e respeitará o espaço político.