Notícias

Voltar
Expansão de energia solar em Angola apoiada pelo Banco Mundial
21 de Maio de 2018
Expansão de energia solar em Angola apoiada pelo Banco Mundial

O Ministério da Energia e Águas (MINEA) convidou um grupo de especialistas do Banco Mundial para apresentar o ‘Scaling Solar’, um programa gerido pelo Banco que visa dar uma solução integrada aos países africanos para que os governos mobilizem rapidamente investimentos privados em projectos de energia solar fotovoltaica ligados à rede eléctrica num período de dois anos.

O programa, apresentado em Luanda, durante um seminário organizado pelo MINEA, pretende igualmente apoiar os países africanos na implementação de projectos que asseguram, entre outros aspectos, tarifas mais favoráveis, atracção de investimentos do sector privado, o engajamento dos promotores competentes e experientes nas tecnologias solares, e sobretudo o financiamento de projectos a longo prazo.

O Secretário de Estado da Energia, António Belsa da Costa, referiu que a proposta de Angola fazer parte da iniciativa do Banco Mundial está inserida num plano para a implementação de projectos de grande escala no período de 2018-2022 e relembrou que as conversações para a entrada no programa tiveram início em Julho de 2017.

A Directora Nacional de Energias Renováveis, Sandra Cristóvão adiantou que já foram identificados vários locais favoráveis para a construção de centrais solares. Até agora a nível nacional foi implementado um número limitado de projectos off-grid localizados nas regiões do Bié, Cuando Cubango, Zaire, Lunda Sul, Moxico, Lunda Norte, Cunene, Huíla e Cuanza Sul.

Fonte e Imagem © Angop