Notícias

Voltar
II Reunião de Ministros de Energia da CPLP
1 de Dezembro de 2017
II Reunião de Ministros de Energia da CPLP

Os Ministros responsáveis pelo sector de energia da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), e os seus representantes, de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste, reuniram em Foz do Iguaçu, Brasil a 22 de Novembro de 2017, por ocasião da II Reunião de Ministros de Energia da CPLP.

 

Da reunião resultou a assinatura da declaração conjunta por parte dos Estados-Membros na qual decidiram promover o uso crescente das fontes renováveis de energia e da eficiência energética a fim de lograr a diversificação da matriz energética, o uso racional da energia e a redução das emissões de gases causadores do efeito estufa.

 

Durante a Reunião foi também aprovado o Plano Estratégico de Cooperação em Energia 2018-2023 da CPLP e o Plano de Ação para o biênio 2018–2019, documentos que contêm as diretrizes para a cooperação futura da CPLP na área energética.

 

Estes planos prevêem a realização de várias actividades, nomeadamente:

  • O estabelecimento de um portal online dedicado ao tema da Energia até Outubro de 2018, funcionando como uma importante ferramenta de divulgação de acções dos Estados membros na área de energia, dando assim uma maior visibilidade e projeção das actividades de cada país.
  • A promoção de um workshop sobre fundos de fomentos multilaterais, previsto para Julho de 2019, reunindo os principais órgãos internacionais de fomento ao desenvolvimento para prospectar alternativas de financiamento para atividades dos Estados membros na área de energia.
  • A promoção da II Conferência de Energia para o Desenvolvimento da CPLP, que reúna órgãos de governo, empresas e academia para a exposição e discussão dos temas de energia de interesse dos Estados membros da CPLP.

 

Para além disso, os Ministros e seus representantes, decidiram igualmente durante a reunião constituir, no contexto da CPLP, um grupo de trabalho para a troca de experiências no acesso a energia para todos a preços acessíveis, como meio de combate à pobreza energética.

 

Mais informação disponível aqui

 

Fonte e Imagem © CPLP