Notícias

Voltar
O financiamento de actividades privadas sustentáveis é um pilar fundamental para o desenvolvimento económico e social
30 de Abril de 2019
O financiamento de actividades privadas sustentáveis é um pilar fundamental para o desenvolvimento económico e social
Bruno Pereira

A SOFID foi criada em 2007, tendo como objetivo contribuir para os Objectivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e o crescimento económico de países emergentes e em vias de desenvolvimento, articulando com os objetivos e a estratégia do Estado Português em matéria de economia, cooperação e ajuda pública ao desenvolvimento. Os ODS resultam do trabalho conjunto de governos e cidadãos de todo o mundo para criar um novo modelo global para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar de todos, proteger o ambiente e combater as alterações climáticas.

A SOFID enquadra-se neste esforço colectivo de apoiar o desenvolvimento sustentável, através da oferta de produtos e serviços financeiros junto de empresas privadas ou públicas (desde que geridas de forma comercial), contando com um conjunto alargado de instrumentos próprios e delegados, para apoiar os investimentos dos seus clientes, nomeadamente:

  • Concessão de Empréstimos de médio e longo-prazo e Garantias Bancárias;
  • Gestão do Fundo INVESTIMOZ, dedicado a apoiar os investimentos das empresas portuguesas e Luso-Moçambicanas em Moçambique;
  • Gestão de uma Linha do Banco Europeu de Investimento, vocacionada para apoiar PME’s que trabalhem em Países Africanos, das Caraíbas ou na bacia do Pacífico;
  • Implementação do Compacto Lusófono, estabelecido entre o Banco Africano de Desenvolvimento, a CPLP, o Governo Português e os Países Africanos de Língua Portuguesa, que tem como objetivo promover o investimento nestes países em sectores identificados como prioritários, como o sector Energético, Agrícola e Industrial, contribuindo assim para uma maior Integração, Crescimento Económico e Desenvolvimento Sustentável. Este apoio destina-se a projectos quer do sector privado, quer PPP (Parcerias Público-Privadas). Os pilares de actuação serão de Mitigação do Risco, Financiamento Directo e Assistência Técnica.


O Sector das energias renováveis desempenha aqui um papel importantíssimo a todos os níveis de apoio, na criação de valor social e ambiental, e simultaneamente da própria economia dos países. A ALER desempenha um papel fundamental ao nível do estudo e apoio na implementação destes projectos.

A SOFID integra a European Development Financial Institutions e possui acordos com diversas multilaterais de desenvolvimento, reforçando assim a sua capacidade de agir no sentido de apoiar os investimentos dos seus clientes em diferentes geografias e em diferentes sectores.

Convidamos as empresas a estar presentes na sessão informativa “O Compacto Lusófono e outros instrumentos de financiamento a projectos de energias Renováveis nos PALOP”,  que terá lugar no próximo dia 27 de Maio, organizada pela ALER, em parceria com o Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais (GPEARI) do Ministério das Finanças, a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), e a SOFID, na qual iremos participar e onde apresentaremos em detalhe a nossa oferta.

 

Bruno Pereira,

Director Comercial