Notícias

Voltar
O Fundo Verde para o Clima aprovou 100 milhões de € para financiar energias renováveis na África Ocidental
29 de Março de 2019
O Fundo Verde para o Clima aprovou 100 milhões de € para financiar energias renováveis na África Ocidental

Com apoio financeiro do Fundo Verde para o Clima (Green Climate Fund – GCF) o Banco de Desenvolvimento da África Ocidental (BOAD) aprovou um empréstimo de 100 milhões de euros para financiar o desenvolvimento de energias renováveis ​​em países da União Económica e Monetária do Oeste Africano (UEMOA). O objetivo do GCF é limitar e/ou reduzir as emissões de gases de efeito estufa nos países em desenvolvimento e ajudar a adaptar as sociedades vulneráveis ​​aos impactos já sentidos das mudanças climáticas.

 

O objectivo do programa proposto “BOAD - Mecanismo de Financiamento Climático para Aumentar os Investimentos em Energia Solar nos Países da África Ocidental Francófona” é descarbonizar o mix energético dos Países Menos Desenvolvidos da Região da África Ocidental Francófona e melhorar o acesso à energia limpa através da ampliação de tecnologias solares com um custo competitivo, através da utilização de capital privado.

 

O programa também visa acelerar os investimentos do sector privado em média / larga escala no sector solar conectado à rede e criar um mercado para investimentos em tecnologias solares (PV e CSP) no Benin, Burkina Faso, Guiné-Bissau, Mali, Níger e Togo.

 

O projecto apresenta dois objectivos principais com componentes inter-relacionados, incluindo a ampliação do financiamento comercial e sustentável para investimentos solares através de senior debt e standby loans , da capacitação técnica dos actores do sector público e privado e da sensibilização sobre os benefícios das tecnologias solares.

 

Fonte e Imagem © North Africa Post