Notícias

Voltar
OFID/ARE financiam projecto
14 de Dezembro
OFID/ARE financiam projecto "Clean Energy Mini-Grids” em Moçambique

O Fundo da OPEP para o Desenvolvimento Internacional (OFID) acredita que o acesso a serviços de energias fiáveis, acessíveis, economicamente viáveis, socialmente aceites e que respeitem o ambiente são cruciais para os países em desenvolvimento. O OFID reconhece a importância das mini-redes e está a dar uma maior prioridade ao incentivo à participação do sector privado neste mercado. Para demonstrar este apoio foi assinado um Acordo de Subvenção o OFID e a ARE – Alliance for Rural Electrification em Setembro de 2015 e que pretende apoiar a rápida implementação, e promoção da utilização produtiva das mini-redes hibridas. A ajuda financeira do OFID é destinada a conceder um mecanismo de risco para projectos empresariais para estimular a sua reprodução e a evolução.


Um dos projectos selecionados para ser financiado pelo OFID foi o projecto promovido pela EDP em Titimane, Niassa, Moçambique.


No âmbito da iniciativa da UNEP "Clean Energy Mini-Grids", a EDP estabeleceu uma parceria para desenvolver aplicações descentralizadas com geração de energia limpa para comunidades isoladas sem acesso à energia.


Após um processo de selecção, a aldeia de Titimane foi escolhida devido à forte presença do parceiro local SAN-JFS, ao potencial de biomassa e à densidade populacional.

Os 4.000 habitantes da aldeia de Titimane, no norte de Moçambique, estão prestes a entrar numa nova fase da sua história. O projecto de fornecimento de electricidade liderado pela EDP, em parceria com a UNEP, Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, obteve 1,7 milhões de euros necessários para financiar o investimento. Encontra-se agora na fase de licenciamento, após a qual se dará início à construção de uma rede eléctrica autónoma.


Este projecto enquadra-se no âmbito do programa da UNEP - Aplicações descentralizadas de Energia – e configura uma High Impact Opportunity (HIO) da iniciativa das Nações Unidas, Sustainable Energy for All (SE4All), para a promoção das mini-redes de energias limpas. Agrega ainda um vasto leque de stakeholders: parceiros privados – EDP e a empresa moçambicana SAN-JFS (Sociedade Algodoeira do Niassa – Grupo João Ferreira dos Santos), entidades públicas - Governo Moçambicano, FUNAE (Fundo de Energia) e EDM (Electricidade de Moçambique) -, e entidades de cooperação internacional - EEP (Energy and Environment Partnership) e OFID/ARE (OPEC Fund for International Partnership / Alliance for Rural Electrification).


Este projecto cria uma oportunidade para testar um novo modelo de negócios (mini-concessionária baseada em taxa-por-serviço) com tecnologias inovadoras (solar, armazenamento, biomassa, micro-rede, pré-pagamento), como um primeiro passo para um mercado potencialmente grande, atractivo, e sem este tipo de serviços.

   
Veja aqui o vídeo do Projecto de Titimane.