Notícias

Voltar
O PNUD, o Governo de Timor-Leste, e organizações da sociedade civil reuniram-se para discutir as perspectivas e desafios da promoção dos fogões melhorados
1 de Agosto
O PNUD, o Governo de Timor-Leste, e organizações da sociedade civil reuniram-se para discutir as perspectivas e desafios da promoção dos fogões melhorados

94,7% da população Timorense ainda depende da madeira como principal combustível para cozinhar e 83,3% das famílias utilizam dispositivos tradicionais de cozinha aberta ou sem ventilação. A utilização de combustível de madeira para cozinhar é prejudicial à saúde e ao meio ambiente, causa doenças relacionadas com a poluição do ar interior e contribui para a mudança climática global. Uma mudança de fogões tradicionais de baixa eficiência para fogões sem fumaça ou fogões melhorados vai fazer uma enorme diferença positiva em Timor-Leste.
 

O PNUD, o Governo de Timor-Leste, e organizações da sociedade civil reuniram-se no Hotel Timor a 12 de Maio de 2016 para discutir as perspectivas e desafios da promoção dos fogões melhorados em Timor-Leste. O workshop funcionu como uma plataforma aberta onde os vários stakeholders compartilharam as suas experiências e trocaram ideias inovadoras sobre como promover fogões melhorados em Timor-Leste. Várias organizações, tais como MercyCorps, Fundação Haburas, World Vision, Ahisaun, Startec, MDF e Fundação Nazaré têm vindo a promover fogões melhorados em Timor-Leste, mas o seu nível de penetração no mercado ainda está a dar os primeiros passos.

 

"A nossa meta é reduzir o uso de combustível de lenha para cozinhar, promovendo o uso de fogões eficientes em termos energéticos.", disse Virgilio F. Guterres, o Director-Geral de Electricidade "Tenho a certeza de que o projecto Biomassa apoiado pelo PNUD-GEF irá desempenhar um papel importante na promoção de soluções de energia de biomassa sustentável em Timor-Leste, especialmente nos fogões melhorados para cozinhar.”
 

O projecto de Biomassa apoiado pelo PNUD-GEF está a trabalhar com o Ministério das Obras Públicas e com a Secretaria de Estado da Electricidade para promover soluções tecnologicamente comprovadas e amigas do ambiente para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa através da utilização dos recursos de biomassa em Timor-Leste. A aplicação de tecnologias de energia de biomassa também vai apoiar o desenvolvimento económico, ambiental e social local.
 

"O uso de fogões melhorados é muito importante para salvar a vida das pessoas e do meio ambiente. Se globalmente atingirmos a meta de 100 milhões de residências utilizando fogões melhorados em 2020, milhares de milhões de árvores e milhares de vidas serão salvas." disse Claudio Providas, Director Nacional do PNUD “Estamos felizes em trabalhar com o Governo e outros parceiros para promover o uso de fogões melhorados em Timor-Leste".


Fonte e Imagem © PNUD