Notícias

Voltar
Questionário sobre mini-redes e resumo de pesquisa sobre subsídios
29 de Março de 2018
Questionário sobre mini-redes e resumo de pesquisa sobre subsídios

A campanha Power for All, parceira da ALER, divulgou recentemente um resumo de pesquisa que demonstra que apenas 10% dos subsídios à electricidade na África Subsaariana beneficiam as famílias de baixa renda. Além disso, a Power for All convida todos a preencherem um questionário online para avaliar o papel das mini-redes de energias renováveis para garantir o acesso universal à electricidade.

 

Resumo de pesquisa: subsídios à eletricidade deixam de parte famílias de baixa renda

 

Os subsídios são uma maneira comum de apoiar o acesso à eletricidade para as famílias pobres. No entanto, dados do Banco Mundial mostram que os subsídios estão a falhar largamente em ajudar os menos favorecidos. De facto, apenas 10% dos subsídios à eletricidade na África Subsaariana fluem para as famílias de rendas mais baixas, ao mesmo tempo que o subsídio às tarifas residenciais representa a maior fonte de défice das empresas de utilidade pública. Está na hora de mudar.

 

Para obter mais informações sobre este tópico, faça o download do Resumo da Pesquisa da Power for All: Eficácia dos Subsídios de Eletricidade para Famílias de Baixa Renda na África Subsaariana e na Índia.

 

Questionário sobre mini-redes

 

Com base em todo o trabalho desenvolvido para generalizar a energia renovável distribuída que começou em 2015, a Power for All está comprometida num esforço global em 2018 para elevar e legitimar ainda mais o sector das mini-rede. Para ter informação onde basear esse esforço, foi criado um breve questionário para recolher opiniões e orientações dos principais actores das mini-redes.

 

Este é o primeiro esforço para desenvolver uma narrativa única para o sector das mini-redes, e a participação de todos é fundamental para o seu sucesso. Trabalhando com todos os actores, a Power for All pretende usar os resultados para informar os decisores políticos, reduzir as barreiras políticas, regulatórias e financeiras e mudar a narrativa.

 

Se possível, pedimos que uma pessoa por organização preencha o questionário, após consolidar a contribuição internamente. O prazo para o preenchimento do questionário é 4 de abril de 2018.