Notícias

Voltar
Reino Unido apoia as energias renováveis em Moçambique
28 de Junho
Reino Unido apoia as energias renováveis em Moçambique

O Departamento para o Desenvolvimento Internacional do Reino Unido (DFID) tem estado muito activo na promoção das energias renováveis, nomeadamente fora da rede, através do desenvolvimento de um novo programa de energia, que tem como objectivo catalisar uma abordagem baseada no mercado para que o sector privado possa fornecer produtos e serviços de energia renovável fora da rede.

 

Tal com a ALER já tinha noticiado aqui, em Fevereiro de 2016 foi assinado o acordo de parceria no âmbito da iniciativa Energy Africa entre o Ministro Inglês Hurd e o Ministro Moçambicano Couto, que implica que ambos os Governos vão trabalhar em conjunto um documento denominado Compact que identifica as políticas necessárias para promover o sector privado solar fora da rede. O business case que definirá qual o modelo da intervenção britânica já foi redigido e espera-se que seja aprovado em breve.

 

Além disso, o DFID está também a apoiar diversos estudos de mercado para promover Fogões Melhorados (FM), Sistemas Solares Caseiros (SSC) e mini-redes isoladas, nomeadamente:
 

  1. Estudo de incentivos fiscais que pretende examinar os custos de importação e outros impostos sobre equipamentos de FM e SSC e analisar o impacto de diferentes opções de incentivos a serem apresentados ao Governo;
  2. Estudo de mercado da empresa MKopa para a venda dos seus SSC com pagamentos móveis automáticos em Moçambique;
  3. Estudo de reestruturação do FUNAE para identificação do seu papel na promoção de SSC e um estudo mais geral sobre a visão e estratégia da instituição.


Os resultados destas actividades deverão ser comunicados em breve e a ALER continuará a acompanhá-los de perto.

 

Para informações mais detalhadas sobre estas e outras actividades de promoção das energias renováveis em Moçambique consulte o relatório da ALER.