Notícias

Voltar
contents/comunicationnews/ecowas-week_3.jpg
contents/comunicationnews/ecowas-week_5.jpg
contents/comunicationnews/ecowas-week_6.jpg
contents/comunicationnews/ecowas-week_7.jpg
contents/comunicationnews/ecowas-week_2.jpg
26 de Outubro de 2016
Semana da Energia Sustentável da CEDEAO

A primeira edição da Semana da Energia Sustentável da CEDEAO, que decorreu entre os dias 17 e 19 de Outubro, em Acra no Gana, foi organizada em conjunto pelo Centro para as Energias Renováveis e Eficiência Energética da CEDEAO (ECREEE), a Autoridade Reguladora Regional do Sector da Electricidade da CEDEAO (ERERA) e a West Africa Power Pool (WAPP).

O evento, que teve como tema “Em direcção a um mercado de energia viável e robusta na região da CEDEAO”, foi apoiado pela Cooperação Austríaca para o Desenvolvimento (ADC), a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), a União Europeia (UE), a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), o Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), o Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF), e da Agência Internacional de Energias Renováveis ​​(IRENA).


A Semana da Energia Sustentável da CEDAO foi organizada com o intuito de promover a partilha de ideias e de cooperação para apoiar a aceleração da implementação de um mercado regional da energia e melhorar a política actual e o quadro regulamentar para um sector energético regional sustentável entre os 15 países da CEDEAO. A conferência facilitou as interações e a criação de parcerias entre os decisores políticos da CEDEAO, o sector privado e as instituições financeiras.


O Comissário da CEDEAO disse que se pretendia avaliar o estado actual do mercado regional da electricidade e apresentar a perspectiva da região relativamente aos planos nacionais de acção para a energia renovável e eficiência energética. Acrescentou também que a conferência serviu para mostrar os instrumentos disponíveis pelos parceiros e empresas de investimento e discutir a aceleração na implementação das instalações de energias renováveis ligadas à rede ​​e o envolvimento do sector privado na electrificação rural da África Ocidental.


Faça o download de todas as apresentações aqui.



3ºFórum anual para o Financiamento da Energia Limpa na África Ocidental (WAFCEF-3)


Durante a Semana da Energia Sustentável da CEDEAO, a Rede de Consultoria para o Financiamento Privado (PFAN) lançou a competição do seu terceiro Fórum anual para o Financiamento da Energia Limpa na África Ocidental (WAFCEF-3). A competição está aberta a todos os negócios e empreendedores que operam e estão registados num dos países da CEDEAO assim como indivíduos ou entidades estrangeiras com projectos nesses países. 

Esta competição só é possível graças ao apoio do Power Africa, da Agência Norte-americana para o Desenvolvimento Internacional (USAID), da Rede de Consultoria para o Financiamento Privado (PFAN), do Banco Africano para o Desenvolvimento (BAD) através do seu Fundo para Energia Sustenavel na África (SEFA), e do Centro Regional de Energias Renováveis e Eficiência Energética da CEDEAO (ECREEE).

Só estão elegíveis propostas de energia limpa que necessitem de um investimento de capital inicial de mil milhões de dólares. Os projectos pré-seleccionados irão participar de um workshop de desenvolvimento e financimento do projecto e vão receber aconselhamento individual  gratuito de um profissional para desenvolverem os seus planos de negócio. As submissões devem ser feitas até segunda-feira, 12 de Dezembro de 2016.


Durante o evento final, que terá lugar em 2017, até dez vencedores irão apresentar os seus planos de negócio aos investidores, especialistas do sector e executivos de empresas interessados em financiar energia limpa. Estes jurados do sector privado vão seleccionar os três projectos merecedores do prémio Financiamento da Energia Limpa na África Ocidental.


As Directrizes (Inglês) do concurso estão disponível para download. Mais informações disponíveis aqui.



Aliança da África Ocidental para Cozinha Limpa (WACCA) lança campanha de sensibilização na Semana da Energia da CEDEAO, com o lema #HowManyHave2Die


Na região da CEDEAO, cerca 80% da população ainda utiliza biomassa tradicional para cozinhar, muitas vezes de forma insustentável e utilizando fogões ineficientes e que são frequentemente inseguros e desconfortáveis para uso. O fumo resultante do uso desses fogões contribui para problemas de saúde, especialmente para as mulheres e crianças. Nos últimos anos, o aumento nos custos de combustível e o fornecimento insustentável de combustível de madeira tem provocado um processo de desmatamento e consequente degradação ambiental.


Em sintonia com os objectivos de promoção de acesso à energia, de energias renováveis e eficiência energética, o ECREEE iniciou a Aliança da África Ocidental para Cozinha Limpa (WACCA), que foi lançada oficialmente durante a Reunião de Alto Nível da CEDEAO sobre Energia, que teve lugar em Acra, Gana, a 31 de Outubro de 2012.


A iniciativa da CEDEAO sobre Cozinhar em Segurança, de forma Sustentável e Acessível visa assegurar que até 2030, toda a população da CEDEAO tem acesso a combustíveis e dispositivos eficientes, sustentáveis ​​e modernos de cozinha.

 

O objectivo geral da iniciativa WACCA é fornecer acesso a energia para cozinhar de forma eficiente, sustentável e acessível em toda a região da CEDEAO. Os objectivos específicos são:

  • Promover a implementação de políticas e de um quadro regulamentar sobre as iniciativas de cozinha limpa na região da CEDEAO.
  • Reforçar as capacidades de iniciativas de cozinha limpa na região.
  • Apoiar e harmonizar as normas e práticas de rotulagem na região.
  • Promover a criação de redes e partilha de conhecimentos em termos de tecnologias e inovações.

 

Assista ao vídeo da campanha aqui.


Fonte e Imagem © ECREEE