Notícias

Voltar
contents/comunicationnews/kids-small.jpg
contents/comunicationnews/office2.jpg
contents/comunicationnews/olyn_small.jpg
22 de Junho
SolarWorks! lança empresa solar PAYG (pay as you go) em Moçambique

Renováveis e o modelo PAYG

 

600 milhões de africanos não têm acesso à electricidade, e este número ao invés de diminuir tem tendência para aumentar ao longo dos próximos 10 anos se nada for feito. Em Moçambique, apenas 25% da população tem acesso à rede eléctrica nacional. Algumas estimativas dizem que um extra de 14% tem acesso a algum tipo de serviços de energia fora da rede, elevando a taxa de acesso à energia total para 39%. No entanto, isso ainda significa que 16 milhões de cidadãos moçambicanos não tem acesso a serviços de energia modernos. Eles são geralmente famílias de baixa renda, localizados em áreas rurais, isoladas e dispersas.

 

As iniciativas privadas estão a preencher esta lacuna na oferta e procura de energia. Entre estas, destaca-se o modelo de negócio Pay As You Go (PAYG), que está a crescer rapidamente na África Oriental.

 

O PAYG permite que os clientes escolham um plano de pagamentos disperso em parcelas. Isso significa que produtos ou serviços de energia renovável que normalmente implicam um alto custo inicial geralmente proibitivo para famílias de baixa renda tornam-se acessíveis e seu impacto sobre o orçamento doméstico diminui. Graças ao desenvolvimento de tecnologias como os pagamentos através de telemóveis, o modelo PAYG também facilita o processo de pagamento e pode remover as barreiras de acesso ao crédito. É essencial acautelar um bom contrato de serviço para garantir a cobertura de toda a cadeia, desde lojas de retalhe até engenheiros de serviço que garantam o bom funcionamento e manutenção dos equipamentos. Além disso, este tipo de serviço também requer uma massa crítica base de clientes mínima.

 

Até hoje Moçambique não tinha qualquer empresa PAYG de energia renovável, mas esta realidade está prestes a mudar.

 

Primeiro lançamento na Matola / Maputo

 

Em Julho de 2016 a SolarWorks! vai lançar a sua oferta de PAYG na região da Matola, situada fora da cidade de Maputo, onde estão localizados a sua loja, escritório e armazém.

 

Dentro de 12 meses, pretende-se abrir 2 outras lojas na zona norte de Maputo. De lá, vai crescer exponencialmente para o norte de Moçambique. O objectivo é ter 100.000 sistemas de energia solar instalados no prazo de 5 anos.

 

Neste processo, será necessário ultrapassar vários desafios, como o recrutamento das pessoas certas, logística, segurança, integração tecnológica e a educação. Para supera-los a SolarWOrks! está à procura de parcerias com o Governo, organizações governamentais, multinacionais, empresas locais e ONGs.

 

Próximos desenvolvimentos

 

Graças ao enorme potencial de Moçambique para sistemas de energia renovável fora da rede e tendo em conta os benefícios do modelo PAYG, espera-se que a SolarWorks! seja a primeira de muitas outras empresas a começar a operar no mercado Moçambicano.

 

Várias iniciativas já estão em curso para facilitar este processo. Entre elas é muito importante destacar o trabalho que está a ser realizado pelo DFID - Departamento de Desenvolvimento Internacional do Reino Unido no âmbito da iniciativa Energy Africa, conforme descrito neste artigo.

 

Para informações mais detalhadas sobre estas e outras actividades de promoção das energias renováveis em Moçambique consulte o relatório da ALER.

 


Sobre a SolarWorks!

A SolarWorks! está a operar no mercado desde 2008 e é uma empresa com sede holandesa que possui escritórios na Holanda, África do Sul e Moçambique. A SolarWorks! desenvolveu um dos mercados mais avançados na gama de produtos solares. Os seus produtos foram os primeiros a ser certificados pela iluminação global e mais de 100.000 foram vendidos em mais de 10 países africanos.

Em Moçambique, a SolarWorks! oferece uma gama completa de soluções começando com uma lanterna solar com capacidade de carregamento de telefone - o Powerball Solar, o Rooflight à prova de roubo com sensor de movimento e a mais recente actualização do Sistema Doméstico Solar.
 

Mais informação em: www.solar-works.co.za ou email info@solar-works.co.za