Webinar 'Casos de Estudo de referência em energias renováveis - São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e Cabo Verde'

Voltar
Webinar 'Casos de Estudo de referência em energias renováveis - São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e Cabo Verde'
DATA
9 de Março de 2022
LOCALIZAÇÃO
Online

Oradores

Gabriel Maquengo
Gabriel Maquengo
Director de Energia
Direcção Geral dos Recursos Naturais e Energia do Ministério de Infraestrutura, Recursos Naturais e Ambiente

Graduado pela Universidade Federal de Goiás-UFG. Ainda no Brasil, trabalhou numa empresa de Automação Industrial e de Distribuição e Comercialização de energia eléctrica.
Funcionário da Empresa de Água e Electricidade - EMAE desde 2011 em algumas áreas como Chefe responsável e actualmente como Director de Energia, Direcção Geral de Recursos Naturais e Energia, do Ministério de Infraestrutura, Recursos Naturais e Ambiente.
Um dos membros da equipa de elaboração do relatório para Energias Renováveis e Eficiência Energética de São Tomé e Príncipe.
Ponto focal de Eficiência Energética para AFREC (Comissão dos Países Africanos para Energias).

Belizardo Neto
Belizardo Neto
Coordenador do Projecto Promoção das Energias Renováveis
Direcção Geral dos Recursos Naturais e Energia de São Tomé e Príncipe

Eng. Técnico em Eletrotecnia (Escola Tecnológica Étienne Mimard – França; Licenciatura no Domínio da Demanda Energética e Energias Renováveis (Universidade Pública da Cidade de Angers – França; Mestrado em Engenharia Ecológica Urbana – Industrial e Desenvolvimento Sustentável (Universidade Pública da Cidade de Angers – França).

Funcionário do Ministério de Obras Públicas Infraestruturas Recursos Naturais e Ambiente – MOPIRNA, afecto a Direcção de Electricidade da Empresa Pública de Água e Energia Eléctrica - EMAE como eletrotécnico desde 2009, foi Director de Energia da Direcção Geral dos Recursos Naturais e Energia – DGRNE.

Actualmente é coordenador do Projecto Promoção de Energia hidroeléctrica de forma sustentável e resiliente ao clima através de uma abordagem que integra a gestão de terras e florestas, financiado pelo PND GEF e implementado pelo MOPIRNA - DGRNE.

Silvestre Manuel Gomes Duarte
Silvestre Manuel Gomes Duarte
Chefe de Departamento de Pesca Industrial
Direcção das Pescas de São Tomé e Príncipe
Ana Sanches
Ana Sanches
Coordenadora
Associação de Defesa do Património de Mértola

Ana Sanches, natural do Sabugal, Licenciada e Mestre em Engenharia do Ambiente pela Universidade de Aveiro.

Em 2008 começou a colaborar com a ADPM, uma Associação de Desenvolvimento Local que também é ONGD, tendo participado em diversos projectos locais nas áreas da Educação Ambiental, Agricultura e Promoção dos Recursos Locais.

Em 2011, ligada à mesma ONGD, iniciou o seu percurso em projectos de Cooperação para o Desenvolvimento num projecto de Educação Ambiental e Apoio à Infância em Cabo Verde e, mais tarde, em São Tomé e Príncipe e em Moçambique.

Actualmente coordena e participa em diversos projectos internacionais em Cabo Verde e em Moçambique, nas áreas das Energias Renováveis, Agricultura Sustentável, Desenvolvimento Comunitário, Turismo Sustentável, entre outros.

Kenedy Santos
Kenedy Santos
Departamento de Energias Renováveis
Águas de Ponta Preta

Kenedy Olavo dos Santos, 26 anos, natural de Ribeira Grande de Santo Antão, Cabo Verde.

Licenciado em Engenharia em Energias Renováveis pela Universidade do Mindelo e Técnico Inspector de Sistema de Microprodução com base em Energias Renováveis.

Com experiência profissional em vários projetos de energias renováveis em Cabo Verde, foi estagiário da empresa Electric, onde trabalhou nas tecnologias eólica e fotovoltaica e, também, Técnico Superior da Associação dos Municípios de Santo Antão – AMSA.

Desde 2019 é quadro do Departamento de Energias Renováveis na empresa Águas de Ponta Preta – APP, com intervenção nas áreas de desenho, implementação e gestão de diversas centrais solares fotovoltaicas nas Ilhas de Santo Antão, São Nicolau e Sal.

Alfredo Pais
Alfredo Pais
Gestor Sectorial de Energia
TESE

Licenciatura em Engenharia Mecânica pela Universidade de Coimbra e MBA pela Blekinge Tekniske Hogskola (Suécia), tem dez anos de experiência no ramo das energias renováveis.

Conhecimento aprofundado adquirido na implementação de diversos tipos de projectos, desde energia eólica a energia solar fotovoltaica.

Experiência em design industrial, inovação de produtos, logística e gestão de projectos implementados em diversos países.

Actualmente a desempenhar as funções de Gestor sectorial da energia na TESE, e no projeto Ianda Guiné! – Lus ku Iagu, que entre outras, contempla a instalação de uma central fotovoltaica na Ilha de Bolama, com respectiva rede eléctrica e modelo de gestão.

 

Genabu Mané
Genabu Mané
Responsável de Marketing, Vendas e Comunicação
Fundação Serviços de Energia Rural (FRES)

Genabu Mané, nascida em Bissau Guiné-Bissau em 1987, é formada em Relações Internacionais no Reino de Marrocos.

Em 2012 começou a trabalhar na FRES-GB, tendo passado pelas funções de Secretária Executiva, Responsável pelas Cobrança, Comunicação e Relações Exteriores, Responsável Logística e, actualmente, Responsável de Marketing e Vendas.

 

Pedro Clemente
Pedro Clemente
Gestor de Projectos
ALER

Engenheiro do Ambiente, com mestrado em Gestão e Sistemas Ambientais, tendo trabalhado como investigador científico e como consultor de impacto ambiental e social em projectos de energias renováveis.

É gestor de projectos na ALER e responsável pelo desenvolvimento e promoção de iniciativas em energias renováveis nos países africanos de língua portuguesa, especificamente, em São Tomé e Príncipe, Cabo Verde e Guiné-Bissau.

Isabel Cancela de Abreu
Isabel Cancela de Abreu
Directora Executiva
ALER

Isabel Cancela de Abreu é Engenheira do Ambiente com um Diploma de Estudos Avançados em Sistemas Sustentáveis de Energia.
A sua experiência profissional na área das energias renováveis teve início na APREN, onde foi Directora do Departamento Técnico. Posteriormente, foi convidada para ir para Bruxelas, como Policy Adviser na EREC – European Renewable Energy Council.
Mais tarde, decidiu tirar partido da sua experiência Associativa a nível nacional e internacional, aliando-a aos seus interesses de cooperação para o desenvolvimento, para fundar a ALER, onde agora exerce funções de Directora Executiva.
Além disso, Isabel foi voluntária no Niassa, Moçambique e fez um estágio no Grameen Shakti, no Bangladesh, para aprender sobre seus programas de microcrédito e programas de Sistemas Solares Caseiros.

ORGANIZAÇÃO
.
APOIO
.
TOPO