Conferência Internacional - Energia Sustentável em Tomé e Príncipe

Voltar
Conferência Internacional - Energia Sustentável em Tomé e Príncipe
DATA
20 e 21 de Julho
LOCALIZAÇÃO
São Tomé e Príncipe | Online

Oradores

Carlos Vila Nova
Carlos Vila Nova
Presidente da República de São Tomé e Príncipe
Osvaldo Cravid Viegas Abreu
Osvaldo Cravid Viegas Abreu
Ministro dos Recursos Naturais e Energia
Ministério das Obras Públicas, Infra-estruturas, Recursos Naturais e Ambiente
Rui Fernando Sucena do Carmo
Rui Fernando Sucena do Carmo
Embaixador de Portugal em São Tomé e Príncipe
Eric Jan Overvest
Eric Jan Overvest
Coordenador Nacional das Nações Unidas em São Tomé e Príncipe
Celestino da Graça Andrade
Celestino da Graça Andrade
Director Geral da Empresa de Água e Electricidade
EMAE
Belizardo Neto
Belizardo Neto
Assistente da DGRNE para seguimento das actividades em curso do Projecto “Promoção Energias Renováveis”
DGRNE

Quadro superior da Empresa de Água e Electricidade EMAE desde 2009, afeto à Direcção de Electricidade, no Departamento de Energias Renováveis. É técnico superior em Eletrotecnia pela Escola Superior Tecnológica Étienne Mimard (França), licenciado em Domínio da Demanda Energética e Energias Renováveis e mestre em Engenharia Ecológica Industrial e Urbana e Desenvolvimento Sustentável pela Universidade Pública de Angers (França).

Exerceu o cargo de Director de Energia da DGRNE entre 2015 e 2018 e coordenador do Projecto “Promoção Energias Renováveis” financiado pelo PNUD GEF e implementado pela Direcção Geral dos Recursos Naturais e Energia entre 2018 e 2022.

João Correia Bernardo
João Correia Bernardo
Director Geral
Direcção Geral de Energia e Geologia de Portugal
Rita Madeira
Rita Madeira
Gestora de Programas para África
Agência Internacional de Energia

Enquanto Africa Programme Officer na Agência Internacional de Energia (AIE ou Agência), Rita Madeira ajuda a desenvolver, apoia e coordena o trabalho da Agência na África Subsaariana, concentrando-se principalmente nas regiões da África Ocidental e da África Austral. Previamente a integrar a AIE, trabalhou como consultora jurídica e aconselhou governos africanos na negociação de transacções comerciais complexas, principalmente no sector da energia, tendo realizado também várias actividades de capacitação no continente africano sobre project finance e outros tópicos relacionados.

Mê Chinhô Costa Alegre
Mê Chinhô Costa Alegre
Consultor jurídico
Vanda Cascão
Vanda Cascão
Sócia
VdA - Vieira de Almeida

Vanda Cascão é licenciada em Direito pela Universidade de Coimbra, com uma pós-graduação em Estudos Europeus (Jurídicos) do Colégio da Europa em Bruges. Vanda integra a VdA desde 1993 e é sócia da área Energia & Recursos Naturais. Tem trabalhado em diversas operações, no setor da energia, incluindo renováveis, e no setor das infraestruturas, desde a estruturação de projetos até à respetiva implementação, incluindo financiamento. Vanda acompanha ainda as matérias de regulação desses sectores. Trabalha também em temas de economia verde, sustentabilidade e ESG (environmental, social and governance), incluindo em financiamentos verdes e sustentáveis, sendo Certified ESG Analyst pela EFFAS, European Federation of Financial Analysts Societies. Vanda tem trabalhado em operações em Portugal e internacionalmente, em particular na Europa e em África.

 Ana Alice Prazeres
Ana Alice Prazeres
Secretária Regional do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Região Autónoma do Príncipe

Licenciada em Geografia e Gestão do Território pela Universidade de Santiago em Cabo Verde. Membro do Comité Nacional de Mudanças Climáticas, exerceu funções de Directora Regional do Ambiente e Conservação da Natureza e foi membro da Unidade de Gestão da Reserva da Biosfera da Ilha do Príncipe. Actualmente, exerce funções de Secretária regional do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. 

Adelino Castelo David
Adelino Castelo David
Consultor para Economia Azul
Sulisa Quaresma
Sulisa Quaresma
Direcção-geral do Ambiente
Governo de São Tomé e Príncipe

 Sulisa Signo Bom Jesus Quaresma, nascida em S.Tomé, é Técnica Superior da Direcção Geral do Ambiente, vinculada desde Maio de 2009 na Direcção de Conservação, Saneamento e Qualidade do Ambiente. É Engenheira Química de Formação com Mestrado em Engenharia Química nas especialidades de Ambiente, Energias e Processos pela Faculdade Ciências e Tecnologia da Universidade Coimbra em 2008. No âmbito das suas funções na Direcção Geral do Ambiente tem contribuído para a gestão integrada dos resíduos, dos sítios contaminados, eliminação dos resíduos perigosos de forma ambientalmente segura. No domínio do ambiente e mudanças climáticas nos últimos 11 anos, teve envolvimento na elaboração das Comunicações Nacional (CN), Inventários Nacionais de Gases de efeito estufa para os sectores  IPPU e Resíduos, desenho do  Sistema nacional de Monitorização Reporte e Verificação (MRV), e na elaboração de relatórios de Avaliação das Necessidades Tecnológicas (TNA) se adaptar às alterações climáticas nos sectores da Água, Zonas Costeiras e Agroflorestal. Tem experiência no domínio de educação e sensibilização para sustentabilidade, onde desempenhou várias actividades contribuindo para a educação ambiental formal e informar sobre os aspectos ambientais e desenvolvimento sustentável de forma haver cada vez mais conscientização e mudança de comportamento das pessoas sobre os temas ligado a água, resíduos, florestas, mudanças climáticas erosão dos solos, etc.

Meyer António
Meyer António
Direcção das Florestas e da Biodiversidade

Formado em Engenharia Florestal pela Universidade de Pinar del Rio (Cuba), Mestre em Manejo e Gestão de Florestas e Territórios Tropicais na ERAIFT (École Régionale Post -Universitaire d’Aménagement et de Gestion Integrés des Forêts et Territoires Tropicaux) e Mestrando em Educação Ambiental no Instituto Politécnico de Bragança. Técnico superior da Direcção das Florestas e da Biodiversidade a mais de 12 anos. Tem colaborado na elaboração de diversos projectos ligados ao sector florestal, sendo neste momento o Ponto Focal do Projecto de Restauração Florestal e Paisagística, onde coordena a elaboração e divulgação do Plano Nacional de Restauração Florestal e Paisagística. É membro do Comité Nacional de Mudanças Climáticas  e da Coordenação Nacional de COMIFAC de São Tomé e Príncipe. Tem participado em diversos trabalhos ligados às mudanças climáticas, desde a elaboração dos relatórios nacionais, assim como no inventário de gases do sector de Florestas e Outros solo de Solo. Na sua carreira já foi professor de ensino secundário e universitário, tendo leccionado diversas matérias desde a Ecologia, Ecologia Vegetal, Conservação da Natureza, Educação Ambiental, Educação para Saúde, Recursos Faunísticos, Biologia e Matemática.

Dudene Lima
Dudene Lima
Instituto Nacional da Água

Actualmente quadro da Direcção Geral dos Recursos Naturais e Energia, graduada em Engenharia Sanitária e Ambiental pela Universidade Federal de Mato Grosso- Brasil, Mestre em Educação Ambiental pelo Instituto Politécnico de Bragança- Portugal e Doutorada em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável pelo Instituto Superior Técnico- Portugal.  

 Luisélio Pinto
Luisélio Pinto
Associação para Promoção das Energias Renováveis e Ambiente Sustentável de São Tomé e Príncipe
Carlos Coelho
Carlos Coelho
Director Executivo
Greenvolt

Carlos Coelho é actualmente Director Executivo do Grupo GreenVolt, responsável pela unidade de novos negócios de energia do grupo. Engenheiro Físico pela Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade de Coimbra e Mestre em Processos de Produção de Pasta de Papel pela Universidade da Beira Interior, Carlos Coelho destaca-se ainda pela sua formação em gestão, através da participação no Programa Executivo em Gestão Avançada da Universidade Católica Portuguesa e no Programa Executivo Sénior da London Business School.

Com um percurso de mais de 20 anos, intimamente ligado à indústria florestal e às energias renováveis, desempenhou previamente as funções de Director Executivo de Novos Projectos de Energia do Grupo Altri, Administrador da EDP Bioeléctrica, Director Fabril da Fábrica da Celtejo, entre outras funções em empresas como a CPK, Caima, Raiz e Soporcel. Actualmente, é Administrador de empresas como a Profit Energy, Energia Unida, Golditábua, Paraimo Green e Centro da Biomassa para a Energia, sendo ainda membro da Direcção da Associação Portuguesa de Energias Renováveis (APREN).

Christine Duncan
Christine Duncan
SIDS DOCK

Christine Fernanda Neves Duncan é Chefe de Gabinete e Directora de Projectos do Secretariado SIDS DOCK – Organização de Energia Sustentável e Resiliência Climática dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento (SIDS). Como Chefe de Gabinete, a Sra. Neves Duncan tem a tarefa de fornecer os serviços de apoio necessários para permitir que o Presidente do Conselho Executivo e o Secretário-Geral desempenhem efectivamente as suas funções de liderança. É a Conselheira Principal do Secretário-Geral, auxilia na coordenação do trabalho do Programa de Trabalho SIDS DOCK, coordena o trabalho da Rede Aberta de Mulheres da Ilha SIDS DOCK (IWON) e é responsável pela gestão geral do Secretariado. É reconhecida como um dos membros da equipe, e a única mulher, que ajudou a desenvolver o Concept Paper para a organização SIDS DOCK em 2007. É também creditada por desempenhar um papel fundamental na coordenação das atividades de start-up do Centro Caribenho de Energia Renovável e Eficiência Energética (CCREEE), lançado em Barbados, em 2015, parte da Rede Global de Centros de Energia Sustentável da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO), estabelecida com o apoio do Governo da Áustria.

Dan Grech
Dan Grech
Global OTEC

Em 2015, Dan trabalhava como gerente de marketing de uma empresa de moda de luxo. Mas uma noite, enquanto observava o degelo polar no oceano durante a transmissão do documentário "Planeta Gelado", Dan apercebeu-se que precisava de fazer alguma coisa para ajudar. No dia seguinte deixou o seu emprego para se juntar ao esforço global para reverter a crise climática.

Enquanto pesquisava soluções climáticas, deparou-se com a Ocean Thermal Energy Conversion (OTEC). Tinha o potencial de fornecer energia limpa e acessível aos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento que precisam urgentemente dela. Mas os desenvolvedores foram distraídos por sistemas OTEC enormes e de mega escala. Isso acabou por inspirar a sua visão em agir em pequena escala e reduzir a dependência das nações insulares tropicais em combustíveis fósseis por meio da OTEC. Usando a sua experiência na construção de equipas excepcionais, reuniu profissionais de engenharia offshore e lançou a Global OTEC em 2017. Desde então tem sido o principal impulsionador do desenvolvimento da empresa, firmou parcerias com organizações intergovernamentais, fala regularmente em eventos da ONU como porta-voz da energia oceânica e já garantiu mais de 700.000 £  por meio de doações e investimentos.

Carlos Freitas
Carlos Freitas
EFACEC

Carlos Freitas trabalha e esta envolvido no sector de energia há mais de 30 anos.

Trabalha na EFACEC desde 1982, onde liderou a Unidade de Engenharia /Energia (Subestações, Hídricas e Renováveis), antes de se mudar para o Business Development para a Região de Africa que acumula actualmente com a função de Country Manager da Efacec Angola & Moçambique. Tem muita experiência acumulada a conduzir negócios através de varias geografias mas com o foco em África.

É licenciado em Engenharia Eletrotécnica pelo Instituto Superior Técnico, e com um MBA em Gestão Internacional  na Universidade Católica Portuguesa.

Chris Massaro
Chris Massaro
MAECI

Com mais de trinta anos de profunda experiência em Gestão de Projectos, Finanças e Operações em diversos conjuntos de organizações e negócios globais de classe mundial e, mais recentemente, dez anos de consultoria de gerenciamento global e desenvolvimento de projectos de energia renovável com experiência e conhecimento específicos em Sub -África do Saara em países como Guiné Equatorial, Camarões, São Tomé e Príncipe, República Centro-Africana, Benin, Gana e República Democrática do Congo.

Como um dos fundadores do MAECI, Chris formou parcerias de projecto muito bem-sucedidas, tanto como empresa líder quanto como subconsultor, com ministérios e departamentos governamentais, universidades e faculdades, organizações não governamentais e empresas do sector privado, mais especificamente no desenvolvimento e países e projectos concluídos que totalizam mais de US$ 2 mil milhões. Além disso, é o contacto de relacionamento com agências do Governo dos Estados Unidos como Power Africa, USAID, USTDA, Ex-Im Bank e OPIC.

Com experiência executiva sênior, incluindo fusões e aquisições, mercado de capitais/tesouraria, estratégia, soluções de capital humano, desenvolvimento de negócios, planeamento financeiro e análise e controle. 25 anos de experiência em banco de investimento e operações comerciais. Antes de ocupar seu cargo na MAECI,  foi sócio do The PM Capital Group, CEO e sócio-gerente da The Source.

Antes de formar a The Source, actuou como presidente da CJM Strategies, uma empresa privada de banco de investimento de médio porte, foi vice-presidente da Gottesman Company, a maior empresa de banco de investimento de médio porte nos EUA e passou mais de 15 anos como proprietário e vice-presidente executivo da Vilotti-Puratos, uma empresa de fabricação e distribuição de alimentos de US$ 25 milhões. É vice-presidente da The Living Through Cancer Foundation e actua no conselho executivo da Radnor Educational Foundation. Chris é licenciado em Contabilidade pela Villanova University.

Ricardo Gomes
Ricardo Gomes
Câmara Municipal da Cidade da Praia, Cabo Verde

Estudou Engenharia Mecânica – especialidade Térmica, na Universidade de Matanzas. Posteriormente, formou-se em Tecnologia e aplicações de turbinas eólicas no Centro de Tecnologia de Energia Eólica da Índia, e na Tecnologia Alternativa de Geração de Energia para a sociedade de baixo carbono na Associação Internacional de Cooperação Tecnológica de KitaKyushu do Japão.

Foi durante dois anos consultor da Direcção Geral de Energia de Cabo Verde, prestando assistência técnica no âmbito da promoção da eficiência energética. Durante mais de três anos acumulou as funções de Coordenador da Unidade de Pesquisa, Desenvolvimento e Serviços e Coordenador da Unidade de Formação do Centro de Energias Renovável e Manutenção Industrial de Cabo Verde.

De 2017 a 2019, foi Coordenador do Projecto “The Greener Hotels” da ONG Internacional, The Travel Foundation, implementado nas ilhas de Sal e Boa Vista, vencedor do prémio: “Energy Globe – National Award 2019”. De 2015 a 2017,  foi membro do Comité Técnico do projecto de apoio ao Empreendedorismo no Sector das Energias Renováveis da CEDEAO, e foi Ponto Focal do CERMI para o projecto solar térmico da CEDEAO “Soltrain West Africa”.

Actualmente é Gestor de Projecto Pacto dos Autarcas para a África Subsaariana, Fase III, na Câmara Municipal da Praia, com o objectivo de aumentar o acesso à energia sustentável para a população urbana e semiurbana e implementar acções locais para combater as mudanças climáticas e os seus impactos.

Roger Mukala
Roger Mukala
Horizonte Electricidade Tecnologia Services

Roger Mukala é engenheiro de Automação e controle Eléctrico e assistente técnico da HET Service.Tem desenvolvido vários trabalhos relacionados com a energia renovável e a segurança residencial.

Jérôme Deghilage
Jérôme Deghilage
Rutten New Energy Systems

Jérôme Deghilage é responsável pelo desenvolvimento de negócios da Rutten New Energy Systems, uma inovadora PME belga activa na área da energia renovável e do armazenamento de energia. Jérôme trabalhou durante muitos anos para a indústria solar espanhola, onde teve a oportunidade de contribuir para vários projectos de electrificação emÁfrica e grandes projectos fotovoltaicos em todo o mundo. Para além disso, tem um interesse específico nos desafios enfrentados pelos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento. O Sr. Deghilage é formado em engenharia rural e mestre em tecnologia de sistemas de energia renovável pela Loughborough University (Reino Unido).

Eduardo Costa
Eduardo Costa
SCIVEN
Manuel Nazaré
Manuel Nazaré
Hotel Praia Nhame
Adriano Rosamonte
Adriano Rosamonte
Climatronica

Licenciado em Engª Naval, em Cuba desde 1984, com especialização em Frio e Electricidade Industrial e Automatizada. Pós-graduado em Direito Marítimo e formado em Gestão Portuária e em Professor de "Magistério". Trabalhou como chefe de máquinas a bordo de navios de longo curso durante dez anos, foi Director Técnico da ENAPORT durante doze anos. Para além disso, foi proprietário e gerente da empresa de electricidade e refrigeração - Gelmefrio S.A e Presidente da Associação ATEFER & Eficiência Energética.

 

Diodotce Lima
Diodotce Lima
Assistente Técnico do Projecto para a Promoção de Energia Renovável e Eficiência Energética em São Tomé e Príncipe
Direcção Geral Recursos Naturais e Energia de São Tomé e Príncipe

Engenheiro eléctrico, graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (Brasil) e Pós- Graduado em Electrónica de Potência pela Universidade Viegas de Almeida-UVA (BRASIL).

No Brasil, trabalhou no Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (CEPEL) e na empresa de distribuição de energia eléctrica do Rio de Janeiro - Light.

Actualmente é funcionário da Direção Geral dos Recursos Naturais e Energia DGRNE/DE e assistente técnico do Projecto para promoção de energia renovável e eficiência energética em São Tomé e Príncipe.

António Ramos
António Ramos
Direcção dos Transportes Terrestre de São Tomé e Príncipe

Mestre em Educação Ambiental do Instituto Politécnico de Bragança, Portugal. Especialista em Psicologia Social e Pedagógica pela Faculdade de Psicologia Social da Universidade Estatal Pedagógica Aberta de Moscovo foi, também, professor de disciplinas Sociais no ensino, com conhecimento de Hebraico. De 1988 a 1993, estudou na  Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade de Amizade dos Povos na área de Produção e manutenção de motores de combustão. Em 2005 tornou-se membro da Comissão Cientifica e técnica para as alterações climáticas, e em 2008 tornou-se membro da equipa de consultores para o inventário de gases com efeito de Estufa. Já em 2010 tornou-se membro da Comissão de Inventariação do Património do Estado e em 2011 foi nomeado Alta Autoridade de Recurso e em 2020 exerceu funções de Consultor NDC para a área dos Transportes. Actualmente exerce a função de Director executivo do Instituto Nacional de Transportes Terrestres.

Angel Boa Esperança
Angel Boa Esperança
AERE

Angel Fernandes de Boa Esperança, formou-se em Engenharia de Energia na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira no Brasil em 2018. Colaborador na Direcção Geral de Recursos Naturais desde Novembro de 2019 até hoje, foi Presidente da Associação Rotaract Clube de São Tomé e Príncipe no passado 30 de junho de 2021 até a data de 1 de julho de 2022. Foi membro do grupo de trabalho no desenvolvimento da Avaliação das Necessidades Tecnológicas (TNA) para São Tomé e Príncipe. Membro fundador da empresa Soluções Energéticas Santomenses (SES), empresa que começou a prestar assistência técnica e assessoria no ramo de energia no começo de Abril de 2021 até a data de hoje. Tem trabalhado na Implementação dos Padrões Mínimos de Desempenho Energético (MEPS) e etiquetagem ao nível do País, que é uma consultoria que está em curso desde Dezembro de 2021, de igual forma tem também trabalhado na implementação do Projecto de Valorização da Biomassa Vegetal e Eficiência Energética lançado em Março de 2022 e que se encontra ainda em curso.

Ana Luísa Guimarães
Ana Luísa Guimarães
Sérvulo & Associados
Nuno Moreira
Nuno Moreira
Dourogás
Gabriel Maquengo
Gabriel Maquengo
Director de Energia
Direcção Geral dos Recursos Naturais e Energia do Ministério das Obras Públicas, Infra-estruturas, Recursos Naturais e Ambiente

Graduado pela Universidade Federal de Goiás-UFG. Ainda no Brasil, trabalhou numa empresa de Automação Industrial e de Distribuição e Comercialização de energia eléctrica.
Funcionário da Empresa de Água e Electricidade - EMAE desde 2011 em algumas áreas como Chefe responsável e actualmente como Director de Energia, Direcção Geral de Recursos Naturais e Energia, do Ministério de Infraestrutura, Recursos Naturais e Ambiente.
Um dos membros da equipa de elaboração do relatório para Energias Renováveis e Eficiência Energética de São Tomé e Príncipe.
Ponto focal de Eficiência Energética para AFREC (Comissão dos Países Africanos para Energias).

Ceutónia Lima Neto
Ceutónia Lima Neto
Banco Africano de Desenvolvimento

Nasceu em São Tomé, aos 8 de Agosto de 1978, tendo aí crescido e frequentado o ensino primário e secundário. Dando sequência à sua formação académica, partiu para Portugal em 1996 onde concluiu em Lisboa o 12º ano, e no ano seguinte ingressou na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, no curso de Economia. Após a conclusão da Licenciatura em Economia, regressou à terra natal em Fevereiro de 2004, tendo posteriormente iniciado funções no Instituto Nacional de Estatísticas, como técnica de Contas Nacionais.

Em Janeiro de 2005, foi recrutada pela ONG britânica International Alert como Coordenadora de Projectos, funções que veio a desempenhar até Setembro de 2010, tendo contribuido para promover a democracia, a boa governação e a transparência na gestão dos recursos naturais e petrolíferos, através da capacitação de parlamentares, ONGs locais e comunicação social. Apoiou iguamente a instalação das primeiras rádios comunitárias em São Tomé.

Entre 2010 e 2011 regressa à Coimbra, Portugal para fazer o seu Mestrado em Economia, com especialização em Economia Financeira. Novamente de regresso à São Tomé em finais de 2011, após a conclusão do seu Mestrado, é chamada para exercer as funções de Assessora do Ministro das Finanças para Assuntos Financeiros, cargo que desempenhou até ao primeiro trimestre de 2013. Entre 2013 e 2017, desempenhou as funcões de Coordenadora do Projecto de Apoio à Gestão Económica e Financeira (PAGEF), financiado pelo BAD, cujo enfoque esteve relacionado com a melhoria da gestão das finanças públicas, do ambiente de negócios, a promoção do turismo e a capacitação dos agentes da administração pública. Em Fevereiro de 2017, ingressou no Banco Africano de Desenvolvimento, onde desde então, tem exercido a função de Coordenadora de Operações – responsável por monitorar o portfolio do BAD em São Tomé e Príncipe, e contribuído no esforço do Banco em apoiar a economia Santomense e a melhorar a qualidade de vida das suas populações.

 

Adérito Santana
Adérito Santana
Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento
Arzemiro Prazeres
Arzemiro Prazeres
Agência de Promoção do Comércio e Investimento

Licenciado em Biologia, com uma especialização em Tecnologia de Pescado. Em 1987 assume a Direcção das Pescas de São Tomé e Príncipe. Durante esse exercício que durou 5 anos, negociou o fim do acordo de pesca experimental de atum com a antiga União Soviética, implementou a 2ª Fase do Projecto de Pesca Artesanal com o Japão, negociou o primeiro  acordo de pesca com a então Comunidade Económica Europeia, negociou a 2ªfase do Projecto de Pesca Artesanal com o FIDA e finalmente coordenou o recenseamento geral da população de 1991. No ano de 1988 criou a ONG “Amigos da Natureza”.

Em 1989 iniciou uma carreira política como Deputado de 1990 a 1992 e, depois como Ministro do Comércio, Indústria, Turismo e Pescas até 1994.

De 1995 até 2001 foi Administrador do Comité Regional das Pescas do Golfo da Guiné – Organização Intergovernamental com sede em Libreville-Gabão.

Em 2002 assume a liderança do Ministério do Comércio, Indústria e   Turismo. Mais tarde torna-se Director Executivo da Autoridade de Zonas Francas, cargo que ocupou até 2008, quando volta ao Governo para ser Ministro das Obras Publicas e Infraestruturas. Em 2010 assumiu as funções de Presidente da Assembleia Nacional.  Já em 2011 criou uma empresa de consultoria. Como consultor ajudou a criar e a instalar uma empresa de Pesca em Luanda, tendo-se tornado mais tarde um dos proprietários da mesma.

Em finais de 2012 é nomeado Liason Officer da Autoridade de Zona Conjunta Nigéria /S.Tomé e Príncipe e chefia a delegação dessa instituição no território nacional  até 2014.

Volta ao sector privado a partir deste ano até ao dia 1 de Setembro de 2021, quando é nomeado Director da Agência de Promoção do Comércio e Investimentos- APCI, cargo em que está investido até este momento.

Fausto Neves
Fausto Neves
Global Climate Fund

Fausto Policarpo Abreu das Neves, é Ponto Focal do Fundo Verde para o Clima (em inglês Green Climate Fund – GCF). Trabalha na Direcção de Planeamento e acompanhou o processo que permitiu a relação estratégica com o Fundo.

Filipe Bonfim
Filipe Bonfim
Universidade de São Tomé e Príncipe
Gilson Correia
Gilson Correia
CERMI

Mestrado em Engenharia Eletrotécnica, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, com especialização em energias renováveis.

Possui mais de dez anos de experiência no sector das energias renováveis em Cabo Verde.

Principais funções desempenhadas: Consultor nas áreas de energia renováveis, eficiência energética. Professor universitário, desde 2011, sendo colaborador nas Universidade de Cabo Verde e Jean Piaget. Atualmente é Presidente do Conselho de Administração do Centro de Energias Renováveis e Manutenção Industrial (CERMI) e do Centro de Competências de Cabo Verde (CdC 3C).

Edson Mendes
Edson Mendes
Centro Competências Cape Verde - 3C, Cabo Verde

O Eng. Edson Mendes é o Director Geral do Centro Competências Cabo Verde - CDC 3C - e possui um Mestrado em Energia e Ambiente realizado na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Leiria, em Portugal. Ele é especialista em energias renováveis e eficiência energética com muita experiência no planeamento e gestão de projectos, em política e regulação do sector energético, incluindo eficiência energética nos sectores de edifícios e equipamentos eléctricos. Para além disso, lidera o desenvolvimento da engenharia pedagógica que permite ao CDC 3C a oferta e gestão de projectos de capacitação das instituições nacionais e internacionais, e a implementação de medidas de formação adaptadas às necessidades das empresas

Claudia López del Prá
Claudia López del Prá
CIEMAT

Doutorada em Engenharia da Segurança Nuclear, tem 22 anos de  experiência como investigadora, actualmente, dirige a Divisão de Gestao do conhecimento de CIEMAT.

Luís Frölén Ribeiro
Luís Frölén Ribeiro
Professor Coordenador do Departamento de Tecnologia Mecânica
Instituto Politécnico de Bragança

Os seus mais de 25 anos de Investigação concentram-se na conexão entre a turbulência atmosférica experimental e a redução das incertezas relacionadas à implantação de parques eólicos, e as consequências na viabilidade financeira dos grandes investimentos renováveis.  Em 1996 assumiu o cargo de Professor Adjunto no IPB onde passou a apoiar a investigação aplicada em energias renováveis ​​e eficiência energética, sendo promovido a Professor em 2000 e Professor Coordenador em 2008, sendo Director do Curso de Mestrado em Energias Renováveis ​​e Eficiência Energética da Instituto Politécnico de Bragança, mantendo ao mesmo tempo projectos de investigação regulares com a indústria. Foi membro de vários projetos de Investigação Europeia como o New European Wind Atlas e WindScanner.eu mantendo cooperação regular com a Danish Technical University - DTU Wind e o National Centre for Atmospheric Research – NCAR, nos Estados Unidos. O Professor Frölén Ribeiro foi também Perito Independente da União Europeia em Energia e Inovação.  Foi o coordenador do Programa de Formação do Projecto Energia, promovido pela Direção Geral dos Recursos Naturais e Energia, financiado pelo GEF através Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, em São Tomé e Príncipe, entre Janeiro e Abril de 2022.

Ernestina Menezes
Ernestina Menezes
Instituto Nacional para Promoção da Igualdade de Género
Carlos Boa Morte
Carlos Boa Morte
CEO
Grupo CBM
Andrea Eras Almeida
Andrea Eras Almeida
Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO)

Andrea Eras Almeida é uma Consultora Internacional da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial, onde lidera iniciativas na África Central e Oriental, América Latina, Caribe e Ilhas do Pacífico. Doutorada em Energia Solar Fotovoltaica e mestre em Energias Renováveis e Meio Ambiente pela Universidad Politécnica de Madrid, mestre em Desenvolvimento Econômico e Políticas Públicas pela Universidad Autónoma de Madrid e graduada em Engenharia Eléctrica pela Universidad de Cuenca. Conta com mais de 12 anos de experiência de trabalho no sector de energia que engloba advocacia governamental, pesquisa, academia, consultoria, ajuda humanitária e cooperação internacional com agências da ONU e organizações multilaterais. Para além disso, é especialista em género, planeamento energético e sistemas híbridos de energia.

Mayra Pereira
Mayra Pereira
Presidente da Associação Lusófona de Energias Renováveis (ALER)

Mayra Pereira é a fundadora da Gaia Consultoria. Especializou-se ao longo dos anos nas áreas de energia renovável, meio ambiente e sustentabilidade. Mayra é uma profissional  com MSc em Ciências Ambientais e Geográficas e BSc (Hons) em Gestão Ambiental pela Universidade da Cidade do Cabo. Tem mais de 14 anos de experiência de trabalho nos setores de energia e meio ambiente, especialmente nas áreas de pesquisa e design (política, estudos de viabilidade), gestão de projetos de grande escala e serviços de desenvolvimento de negócios.

 

Projectos notáveis ​​no sector de energia:
- Projeto de Promoção de Leilões de Energias Renováveis ​​(PROLER);
- BRILHO - Energia África Moçambique;
- Avaliação do Mercado Offgrid de Moçambique; e
- Pesquisa global de modelos de negócios escaláveis ​​para combustíveis alternativos de biomassa para cozinhar e seu potencial na África Subsaariana (Ruanda, Quênia, Uganda e Madagascar)

 

Projectos notáveis ​​no sector de meio ambiente:
- Avaliação de Impacte Ambiental do reforço da linha entre Metoro e Palma;
- Plano Geral de Gestão da Reserva Nacional do Niassa;
- Avaliação do Impacto Ambiental da Central Flutuante de Gás Liquefeito no Norte de Cabo Delgado;
- Avaliação dos Serviços Ecossistémicos da Estrada Costeira entre Muepane e Mocímboa da Praia; e
- Avaliação Ambiental Estratégica da Costa de Moçambique

 

Mayra também desenvolve o seu trabalho na interseção de negócios com a sustentabilidade, através de investimentos de impacto, investimentos do setor privado, filantropia de risco e outros modelos inovadores.

Pedro Clemente
Pedro Clemente
Associação Lusófona de Energias Renováveis

Engenheiro do Ambiente, com mestrado em Gestão e Sistemas Ambientais, tendo trabalhado como investigador científico e como consultor de impacto ambiental e social em projectos de energias renováveis.

É gestor de projectos na ALER e responsável pelo desenvolvimento e promoção de iniciativas em energias renováveis nos países africanos de língua portuguesa, especificamente, em São Tomé e Príncipe, Cabo Verde e Guiné-Bissau.

Jorge Bom Jesus
Jorge Bom Jesus
Primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe
Martin Lugmayr
Martin Lugmayr
Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO)

O perito da UNIDO gere uma ampla variedade de projectos de energia nos LDC e SIDS e está a coordenar a expansão do programa da Rede Global de Centros Regionais de Energia Sustentável.

Trabalhou como perito, na Praia, em Cabo Verde, dando apoio à CEDEAO na criação do Centro para as Energias Renováveis e Eficiência Energética da CEDEAO (ECREEE) e aos seus principais programas. Entre 2004 e 2010, foi responsável pelo Programa Energético na Agência de Desenvolvimento Austríaca (ADA), tendo também trabalhado em questões relacionadas com políticas energéticas no Ministério dos Negócios Estrangeiros Austríaco e para o Fórum Mundial da Energia Sustentável (GFSE). Anteriormente foi especialista e docente nas áreas de integração europeia e alargamento da EU e ainda consultor de media.

É mestre em Tecnologias de Energias Renováveis pela Universidade Tecnológica de Viena e em Ciência Política pela Universidade de Innsbruck, na Áustria.

ORGANIZAÇÃO
ALER
APOIO
Ministério das Infraestruturas e Recursos Naturais DGRNE GEF Green Climate Fund UNIDO
PARCEIROS
APERAS DGEG Banco Mundial European Investment Bank AFDB UNDP
TOPO