Notícias

Voltar
Central solar de 20 MW vai ser instalada na Guiné-Bissau
30 de Abril de 2020
Central solar de 20 MW vai ser instalada na Guiné-Bissau

O grupo chinês Sinohydro Corporation ganhou o concurso para construir uma central solar fotovoltaica em Gardete, na Guiné-Bissau, com uma capacidade instalada de 20 megawatts.

 

O contrato foi assinado com a Société Africaine des Biocarburants et des Energies Renouvelables (SABER) / African Biofuel and Renewable Energy Company (ABREC), a quem o governo da Guiné-Bissau encomendou em Março de 2019 a elaboração do caderno de encargos, lançamento do concurso público e selecção dos concorrentes. Tendo recebido 6 propostas elegíveis no concurso internacional que terminou em Maio do ano passado.

 

O projecto, que conta com financiamento do Banco Oeste-Africano de Desenvolvimento no valor de 42,9 milhões de dólares, sob a forma de empréstimo, inclui além da central de Gardete, localidade situada a oito quilómetros da capital Bissau, duas mini-centrais solares de 1 megawatt cada, em Gabu e em Canchungo.

 

Abrangido pelo Programa de Valorização das Energias Renováveis (Prover) da Guiné-Bissau, a construção da central de Gardete, em que a energia eléctrica produzida será injectada na rede nacional, inclui linhas de transmissão de 30 kilovolts até à sub-estação de Bor. Os trabalhos têm uma duração prevista de 16 meses.

 

Fonte e Imagem © Macauhub