Notícias

Voltar
contents/comunicationnews/graca-machel.jpg
contents/comunicationnews/participant-2.jpg
contents/comunicationnews/participant-3.jpg
contents/comunicationnews/tablet-com-1_4756.jpg
contents/comunicationnews/unido-in.jpg
30 de Setembro de 2020
Iniciativa Tablet Comunitário utiliza kits solares para educação nas comunidades rurais de Moçambique

A ONUDI (Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial) reforçou o seu compromisso na promoção e disseminação de sistemas integrados de energias renováveis, financiando a iniciativa T@blet Comunitário da KAMALEON Eventos Tecnológicos. Este financiamento foi apoiado pelo Fundo de Energia (FUNAE) que acolheu a necessidade de adopção de fontes alternativas de energia, em particular de sistemas fotovoltaicos, para geração de energia eléctrica em benefício das comunidades rurais.

 

A iniciativa T@blet Comunitário propõe-se alcançar 90 comunidades e mais de 800.000 pessoas nas zonas rurais entre agricultores e agentes do sector privado envolvidos em actividades de agro-processamento industrial de pequena, média e larga escala, através de uma rede nacional de distribuidores.

 

O tablet comunitário é uma escola digital fabricada para tomar forma de atrelado, e portanto facilmente movimentável para qualquer local. O tablet contém monitores especiais de tamanho grande que permitem difusão de conteúdos específicos (sob demanda) relevantes para uma determinada comunidade, acesso á internet, selecção directa de conteúdos de interesse e serviços de videoconferência.

 

Em cada tablet está instalado um kit solar que usa 5 painéis solares de 250W, totalizando uma capacidade instalada de 1.25kW, para além de 3kW do inversor híbrido. No tablet, a energia solar é armazenada em 4 baterias de 200Ah e posteriormente convertida em corrente alternada para alimentar os mais variados dispositivos electrónicos no seu interior.

 

Saiba mais aqui.

 

Fonte e Imagem © ONUDI