Notícias

Voltar
'O Sector financeiro doméstico terá um papel catalisador no financiamento das energias renováveis'
29 de Outubro de 2021
'O Sector financeiro doméstico terá um papel catalisador no financiamento das energias renováveis'
José Reino da Costa, Presidente da Comissão Executiva - Millennium bim

Os esforços de descarbonização à escala mundial reforçam a importância do sector das energias renováveis na substituição de combustíveis fósseis, representando um catalisador de desenvolvimento de novas cadeias produtivas que apresentam necessidades de financiamento para investimento, apoio à tesouraria e importação.

 

Não serão muitas as áreas do investimento privado que terão apresentado na última década uma tão surpreendente velocidade de transformação, quer na concepção, quer no desenvolvimento de novos projectos, como no sector das energias renováveis.  

 

Devido a essa dinâmica, tem vindo a desenvolver-se um interesse particular por esta área de negócio, cujos efeitos visíveis incluem a atracção de empresas de diferente dimensão e com diferentes necessidades de apoio financeiro, com a consequente geração de valor para a economia, mas também gerando oportunidades de diversificação para as carteiras dos Bancos.

 

Em paralelo, nos últimos anos temos assistido a profundas alterações no ambiente regulatório, na estrutura dos mercados, nos instrumentos financeiros utilizados, nos agentes económicos participantes e na formulação de estratégias para este sector.

 

Consequentemente, os avanços regulamentares, institucionais e financeiros rumo à transição energética, impõem novas dinâmicas a todos quantos dependem ou se encontram de algum modo relacionados com esta temática.

 

Neste contexto, o Millennium bim participou na 2ª Edição das Conversas ALER, organizada pela ALER – Associação Lusófona de Energias Renováveis, que decorreu no dia 14 de Outubro e que teve como tema o "Papel dos Bancos Nacionais no Financiamento do Sector das Energias Renováveis".

 

Nesta conversa, referiu a importância de reduzir assimetrias de informação através da disponibilização de conteúdos sobre a envolvente da indústria, nomeadamente a identificação dos principais players, posicionamento no mercado, segmentos de negócio (IPP, C&I, mini-redes, micro-geração, sistemas solares domésticos), Infra-estruturas logísticas, oportunidades de investimento e perspectivas do sector a médio prazo.

 

Sublinhou ainda que, o Sector financeiro doméstico terá papel catalisador no financiamento de energias renováveis através da disponibilização de financiamento em moeda local e de produtos de financiamento dedicados ao mercado apoiados em relacionamentos de longo prazo com os seus clientes.

(leia AQUI as recomendações conjuntas que resultaram da 2ª Conversa ALER, sobre qual deve ser e, como promover a participação da banca local no financiamento e alavancagem de projectos de energias renováveis).

 

Nesta perspectiva, o Millennium bim reafirma o seu objectivo de apoiar projectos de comprovada robustez, disponibilizando o seu amplo portfolio de serviços financeiros para satisfazer as necessidades de médias e grandes empresas no mercado lusófono.

 

 

José Reino da Costa, Presidente da Comissão Executiva - Millennium bim