Notícias

Voltar
BAfD apresenta o Novo Acordo para a Energia em África
21 de Setembro de 2015
BAfD apresenta o Novo Acordo para a Energia em África

No encontro de alto nível do BAfD em Abidjã, na Costa do Marfim a 17 de Setembro, foi apresentado o  "Novo Acordo para a Energia em África" que pretende resolver o elevado défice de energia neste continente, criando novas parcerias no domínio da energia e apoiando financeiramente os países.

O BAfD organizou o Segundo Fórum para o Financiamento da Energia Limpa na Africa Ocidental (WAFCEF-2) no contexto da Semana da Energia, convocada pelo Presidente do Banco, Akinwumi Adesina, e o Fórum de Alto Nível da CEDEAO sobre Política e Investimento no sector da Energia Sustentável. No discurso de abertura do WAFCEF-2, o Presidente anunciou o “Novo Acordo para a Energia em África” que já tinha mencionado quando tomou posse no início de Setembro.

 

O "Novo Acordo para a Energia em África" traça o caminho para uma parceria transformadora sobre a energia e concentra-se na mobilização de apoio e financiamento da iniciativa em cinco áreas-chave.

 

De acordo com esta iniciativa, o BAfD irá expandir significativamente o seu apoio para a energia em África - os parceiros de desenvolvimento deverão ampliar os esforços em curso, enquanto que os países devem expandir a sua parte do financiamento para o sector de energia, ao mesmo tempo que demonstram uma vontade política para garantir o sucesso do Acordo. Os parceiros de desenvolvimento deverão também trabalhar em conjunto e a coordenar os seus esforços para impulsionar questões políticas e reformas regulatórias do sector da energia para melhorar os incentivos para investimentos acelerados.

O ex-Secretário-Geral das Nações Unidas, Kofi Annan elogiou a iniciativa através de uma mensagem gravada em vídeo e assinalou que os líderes africanos não têm outra escolha se não a de colmatar com urgência a lacuna da energia.

 

Poderá obter mais informações sobre o "Novo Acordo para a Energia em África" aqui.


O WAFCEF2, realizado dois anos depois do WAFCEF1, foi organizado em parceria com o Centro da CEDEAO para Energias Renováveis ​​e Eficiência Energética (ECREEE), A Iniciativa de Tecnologia do Clima - Rede Consultivo de Financiamento Privado (CTI-PFAN) e do Fundo de Energia Sustentável para a África (SEFA). Este evento selecionou 10 projectos promissores de energia limpa na África Ocidental que concorreram ao concurso do Fórum. Os finalistas tiveram a oportunidade de apresentarem os seus Planos de Negócios aos investidores e negociarem um financiamento. 


Notícias relacionadas: