Armazenamento e Integração de Renováveis na Rede em Moçambique

Voltar
Armazenamento e Integração de Renováveis na Rede em Moçambique
DATA
25 de Maio
LOCALIZAÇÃO
Maputo | Online

Oradores

Augusto de Sousa Fernando
Augusto de Sousa Fernando

Augusto de Sousa Fernando foi Vice-Ministro dos Recursos Minerais e Energia (MIREME) entre 2016-2020 e antes da sua nomeação para este cargo, foi Director da Unidade Técnica de Implementação de Projetos (2015-2016) no MIREME, onde desempenhou um papel de liderança na preparação e implementação de vários projectos de grande escala em Moçambique.

A sua experiência inclui 23 anos na Electricidade de Moçambique (EDM) empresa responsável pela produção, transporte, distribuição e comercialização de energia em Moçambique, bem como as transacções energéticas com as empresas Regionais de Energia da SADC através do Southern African Power Pool (SAPP). Na EDM, desempenhou várias funções de gestão, tendo atingindo o cargo de Presidente do Conselho de Administração da EDM entre 2012 e 2014.

Sousa Fernando foi Vice-presidente da Ordem dos Engenheiros de Moçambique (OrdEM) entre 2004 e 2010 e seguidamente Bastonário da OrdEM entre 2010 e 2016. Foi igualmente Consultor na Hidroeléctrica de Cahora Bassa (2016) e Director de Mercado Regional (2015) na Norconsult. Actualmente é Assessor Sénior na Norconsult Moçambique.

Carlos Xerinda
Carlos Xerinda
Administrador do Pelouro de Assuntos Jurídicos
ARENE

É membro do Conselho de Administração da Autoridade Reguladora de Energia (ARENE), no qual é responsável pelas carteiras de Assuntos Jurídicos e Defesa do Consumidor. De 2014 a 2020 foi membro do Conselho não Executivo da Autoridade Reguladora das Comunicações (INCM) e, simultaneamente, entre 2018 e 2020 desempenhou funções de Gerente de Assuntos Regulatórios do ABSA Bank Mozambique. Foi Director Jurídico e de Compliance da Bayport Financial Services entre 2017 e 2018, e Assessor Jurídico da Comissão Ministerial, entre 2014 e 2013,  criada por Sua Excelência o Ministro da Indústria e Comércio, para assistir e orientar a implementação da Autoridade Reguladora da Concorrência (ARC) e preparar e submeter à aprovação dos primeiros regulamentos de funcionamento. 

Ingmar Kreisl
Ingmar Kreisl
German Embassy in Mozambique

Ingmar Kreisl é Sub-Chefe da Cooperação da Embaixada da Alemanha em Maputo desde 2019. Trabalha para a Federação Alemã para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico desde 2011, responsável pela cooperação do ministério com a sociedade civil (2011 – 2014) e como Director de Políticas Sénior para o Egipto e Vice-Chefe da Divisão Norte da África (2014-2018) e da Líbia (2019). Antes de ingressar no Ministério, completou o Programa de Pós-Graduação do Instituto Alemão de Desenvolvimento em 2010 e possui um Mestrado em Estudos Árabes e do Oriente Médio pela Universidade de Erlangen-Nürnberg. Tem vivido e trabalhado na Síria, no Egipto, na Arábia Saudita, no Reino Unido e no Chile.

João Peças Lopes
João Peças Lopes
Professor Catedrático
FEUP - INESC TEC

João Abel Peças Lopes é licenciado e Doutorado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pela FEUP. É Professor Catedrático da FEUP e é actualmente Director Associado do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC). É Fellow da Power Energy Society do IEEE. É Director do Programa Doutoral de Sistemas Sustentáveis de Energia na FEUP. É coordenador do Tec4Energy no INESC TEC. É vice-presidente da Associação Portuguesa de Veículos Eléctricos. É membro da Comissão Nacional de Acompanhamento do PRR. Foi Professor Adjunto da Iowa State University nos EUA entre 1996 e 1999.  Para além disso, é autor ou co-autor de mais de 400 artigos e co-editor e co-autor do livro “Electric Vehicle Integration into Modern Power Networks” da Springer.

Julia Crause
Julia Crause
Directora Banco de Investimento
KfW Development Bank Office in Maputo

Julia Crause, alemã com raízes em Portugal, tem mais de 20 anos de experiência profissional na cooperação internacional para o desenvolvimento. Antropóloga por formação, trabalhou no Banco de Desenvolvimento KfW nas áreas de infraestrutura, energia e finanças climáticas desde 2007. Desde 2018, é a Directora Nacional do Escritório KfW em Maputo. Anteriormente, trabalhou com política ambiental internacional e desenvolvimento urbano no Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente em Nairóbi. O Banco de Desenvolvimento KfW implementa projectos de Cooperação Financeira Alemã em nome do governo da República Federal da Alemanha.

Justin Pengilly
Justin Pengilly
Fundador
Captive Power Limited

Justin Pengilly tem mais de 10 anos de experiência nos mercados de capitais africanos. Durante este período, participou na captação de mais de 160 milhões US$  para projectos de desenvolvimento no sector de mineração e energia renovável. Para além disso, liderou o desenvolvimento, o financiamento e a implementação do primeiro Sistema de Armazenamento de Energia de Bateria Tesla (“BESS”) de financiamento privado comercial e industrial ("C&I") em Moçambique. Em 2020 fundou a Captive Power para colaborar com consumidores e desenvolvedores de C&I na África para ajudar com suas necessidades de energia por meio de sistemas sustentáveis financiados. A Captive Power é a actual gestora da Mozambique Green Power, uma empresa privada dedicada ao financiamento de projectos de energia à medida em Moçambique.

Marcus Rother
Marcus Rother
Consultor Sénior
GET.invest Finance Catalyst

Marcus Rother é um especialista internacional em energia renovável com 20 anos de experiência no desenvolvimento de projectos, bem como na captação de recursos para projectos e na liderança de relacionamentos com investidores. Fazendo parte da rede Finance Catalyst da UE GET.invest, ele fez a ligação com iniciativas empresariais locais a instituições de financiamento e implementou programas de capacitação em estruturação financeira de projectos de ER em instituições parceiras locais em Moçambique e na África do Sul.

Anteriormente, trabalhou como oficial sénior de investimentos no fundo de impacto da UE ElectriFI, concentrando-se em investimentos catalíticos do sector privado em empresas de energia renovável no sector de PIE, Mini-redes e Sistemas Solares Caseiros.

Com um PhD em Política de Tecnologia, Marcus colabora na academia em políticas de energia sustentável com a Universidade de Madrid e a Universidade de Stellenbosch como palestrante convidado e faz parte do conselho consultivo do Edulink Participia, um programa da UE para transferência de conhecimento académico.

Mark Crossley
Mark Crossley
Chefe de Finanças Comerciais
Solarcentury Africa

Mark Crossley é chefe de finanças comerciais da Solarcentury Africa. É responsável por estruturar os acordos comerciais com os usuários finais, arranjar o financiamento e obter valor para projectos de energia renovável. Mark tem uma longa história na Solarcentury, tendo trabalhado em alguns dos seus maiores projectos de energia solar na Europa, garantindo financiamento com o menor custo e conduzindo projectos ao fechamento financeiro. Esteve envolvido com a equipa da Solarcentury Africa desde os primeiros dias de projectos inovadores de C&I e durante a transição para os sectores de grande usuário industrial e de utilidade.
Conta com mais de 25 anos de experiência em finanças corporativas. Antes de ingressar na Solarcentury Africa, teve uma carreira longa e bem-sucedida como banqueiro de investimento global e consultor independente. Durante esse tempo, aconselhou milhares de milhões de dólares em transacções e liderou algumas das transacções de maior visibilidade e transformação nos seus respectivos sectores. Trabalhou com empresas líderes de energia, serviços públicos e investidores de infraestrutura por muitos anos, e experimentou em primeira mão o desenvolvimento do sector de energias renováveis, deixando de ser uma peça de tecnologia em estado inicial para se tornar a principal classe de activos de infraestrutura que representa hoje.

Nilsa Sibumbe
Nilsa Sibumbe
Directora de Operação do Sistema
EDM

Nilsa Pelembe Sibumbe, obteve o grau de licenciatura em Engenharia Electrotécnica em 2009, pela Universidade de Camaguey  "Ignacio Agramonte Loynaz”, Camaguey, Cuba.

Com 12 anos de experiência no sector de energia, nas áreas de Sistemas de Protecção, Planeamento de Sistemas e Operação da Rede, onde chegou a desempenhar a função de chefe de departamento de Operação de 2015 a 2017, ano em que passou a exercer a função de Directora de Operação do Sistema. É membro da Southern African Power Pool (SAPP) através do comité de operação desde 2015.

Olga Utchavo
Olga Utchavo
Directora de Energias Renováveis e Eficiência Energética
EDM

Olga Utchavo Madeira, obteve o grau de licenciatura em Engenharia Electrotécnica em 2010, pelo Instituto Superior José António Echevarria, Havana, Cuba e pós-graduação em Gestão em 2020, pela Universidade de Liverpool, Inglaterra. Com 10 anos de Experiência no sector de energia, concretamente nas áreas de planeamento de sistemas electricos e energias renováveis, Olga deu o seu contribuito na elaboração de documentos estratégicos como Plano diretor integrado de infraestruturas de energia, estratégia dos 10anos da EDM e o programa PROLER (Leilão de energia renovável em Moçambique). Actualmente, Olga desempenha as funções de Directora de Energias Renováveis na EDM desde Setembro de 2017.

Pascoal Bacela
Pascoal Bacela
Director Nacional de Energia
Ministry of Mineral Resources and Energy

Licenciado em Engenharia Electrotécnica pela Universidade Eduardo Mondlane em Moçambique e natural do Distrito de Massinga na Província de Inhambane. Foi Director Nacional de Energia no antigo Ministério dos Recursos Minerais e Energia entre 1999 a 2004.  Em 2005 foi nomeado Director Nacional de Energia Eléctrica no Ministério da Energia. É membro da delegação moçambicana no processo de negociação com Portugal, para a reestruturação e transferência da propriedade da Hidroeléctrica de Cahora Bassa, central eléctrica de 2075 MW, de Portugal para Moçambique, concluída em 2007. De 1996 a 1999 ocupou o cargo de Engenheiro Sénior de Energia na Divisão de Planeamento da Empresa Nacional de Energia (Electricidade de Moçambique - EDM). Para além disso, é membro da Ordem dos Engenheiros de Moçambique e do seu Conselho Fiscal. Actualmente, desempenha o cargo de Director Nacional de Energia desde 2015, no actual Ministério dos Recursos Minerais e Energia com responsabilidades na formulação e implementação de políticas nas áreas de energia, energias renováveis ​​e tecnologia nuclear.

Pedro Coutinho
Pedro Coutinho
CEO
Source Capital

Com mais de 10 anos de experiência na área das Energias Renováveis ​​na África, Pedro liderou o desenvolvimento de cerca de 2.500 MW de Energias Renováveis ​​na África do Sul (REPP), Moçambique e Angola. Em 2015, incorporou a SOURCE CAPITAL, sediada em Maputo, uma boutique de private equity e consultoria de investimento focada no sourcing e gestão de ativos de investimento na África Lusófona. O sector energético tornou-se rapidamente num grande foco e levou à criação da SOURCE ENERGIA, uma subsidiária do grupo SOURCE CAPITAL que é a plataforma diversificada de energias renováveis para o desenvolvimento, gestão, operação e manutenção de projetos de grande e pequena escala dentro e fora da rede em África Lusófona. A SOURCE ENERGIA conta actualmente com escritórios em Maputo, Luanda e Joanesburgo e possui um portfólio de mais de 350 MW de Projetos de Energias Renováveis ​​(IPP e Autoconsumo) em diferentes fases bem como é investidora numa das principais empresas de sistemas solares domésticos em Moçambique 

Ricardo Costa Pereira
Ricardo Costa Pereira
Presidente
AMER

Ricardo Costa Pereira é membro fundador e o actual Presidente da Direcção da Associação Moçambicana de Energias Renováveis ​​(AMER).

Ricardo trabalha há mais de uma década no sector das energias renováveis ​​na África Austral, especificamente em Moçambique onde trabalhou para o sector publico através da Direcção Nacional de Energias Novas e Renováveis ​​(Ministério da Energia), contribuindo para um conjunto de regulamentos e documentos legislativos sobre o desenvolvimento de energias renováveis. Para o sector privado, através de uma grande empresa multinacional de consultoria onde liderou projetos multidisciplinares e geriu equipas em diversos países. Para programas financiados por doadores, fazendo parte da equipa principal de assistência técnica nomeada pela UE e pelo AFD para estruturar o primeiro concurso competitivo para projetos de energia renovável em grande escala (PROLER). Actualmente, Ricardo é o gestor do portfólio de Mocambique do programa REACT-SAA da AECF, fornecendo suporte de ponta a ponta às empresas em que a AECF tem investido.

Sofia Simões
Sofia Simões
LNEG

Sofia é coordenadora da Unidade de Economia de Recursos do LNEG-Laboratório Nacional de Energia e Geologia Portugal. O seu trabalho centra-se nos sistemas energéticos de baixo carbono e nas transições energéticas à escala europeia, nacional e urbana. A sua investigação mais recente foca: (i) recursos hídricos e minerais para tecnologias de baixo carbono, (ii) transição para uma economia do hidrogénio e (iii) impactos das alterações climáticas no sistema energético. Participou em diversos projetos de investigação nacionais e da União Europeia sobre modelação em economia-energia-ambiente e sobre o uso de recursos para descarbonização. Foi  investigadora da Comissão Europeia – Joint Research Centre onde implementou o modelo do otimização JRC-EU-TIMES para o sistema energético Europeu. É doutorada pela Universidade de Leiden (NL) e mestre pela Universidade de Lund (SE).

Stephen Dihwa
Stephen Dihwa
Director Executivo
Southern African Power Pool (SAPP) Coordination Centre

Conta com mais de 30 anos de experiência no sector eléctrico. Começou com a Zimbabwe Electricity Supply Authority (ZESA) em 1988 e tornou-se Director de Desenvolvimento de Negócios da subsidiária de Transmissão até 2007. Trabalhou como Consultor de Planejamento de Sistemas na EDM em 2007 e como Gerente Sênior responsável pelo Planeamento e, mais tarde, em Energias Renováveis e Integração de Sistemas na NamPower (Namíbia) de 2008 a 2012. Trabalhou de 2013 a 2016 como consultor de engenharia de energia para o Banco Africano de Desenvolvimento no Zimbabwe. Foi também Director no Ministério de Energia e Desenvolvimento de Energia do Zimbabwe de 2016 a 2017. Trabalha desde 2017. Mestre em Engenharia de Energia Eléctrica pelo Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade de Manchester (UMIST) no Reino Unido e com Licenciatura em Engenharia com Honras em Engenharia Electrotécnica pela Universidade do Zimbabwe e Diploma em Gestão do Instituto de Supervisão e Gestão do Reino Unido.

Tiago Almeida
Tiago Almeida
Senior Investment Officer, Infrastructure MEA Luanda

Trabalha na IFC desde Janeiro de 2021, como Director Sénior de Investimentos, MEA de Infra-estrutura com sede em Luanda e análise de investimentos em Angola e em Moçambique. Os subsectores de infra estruturas incluem energia, energias renováveis, estradas, ferrovias, portos, aeroportos, telecomunicações e municípios. Anteriormente à IFC, foi Gestor de Investimentos da equipa de Debt Project Finance do CDC Group (UK DFI) em Londres, com foco em investimentos de infra-estruturas em África e no Sul da Ásia. Para além disso, trabalhou durante vários anos na África do Sul, como Transactor Sénior na equipa de Financiamento de Infra estrutura no Rand Merchant Bank (“RMB”). Tem uma vasta experiência na criação e liderança de várias transacções de financiamento de projectos na África Subsaariana.

 

Veerle Smet
Veerle Smet
EU Delegation in Mozambique

Veerle Smet é formada em Ciências Políticas e trabalha em parcerias internacionais desde 2001. Desempenhou funções para a União Europeia tanto na Sede em Bruxelas, como em delegações em África e na América Latina. Está em Moçambique desde 2019, como Líder de Equipa de Infraestruturas, Investimento e Sector Privado, da Delegação da União Europeia, contribuindo como tal para a promoção de oportunidades de comércio livre de um ambiente de negócios favorável, e para a promoção do desenvolvimento de projectos de energias renováveis, tanto como o sector público, como com o privado.

ORGANIZAÇÃO
ALER AMER
APOIO
GET.invest GET.invest Cooperação alemã GIZ
PARCEIROS
EDM
TOPO